Meio Bit » Baú » Indústria » Um teclado para Android e iOS com a qualidade Microsoft

Um teclado para Android e iOS com a qualidade Microsoft

Pra você que estava esperando um teclado de qualidade para seus tablets com Android, iOS ou Windows, chegou a sua hora.

16/09/2014 às 13:30

UMK_comp_black_verge_super_capa

Pra você que estava esperando um teclado de qualidade para seus tablets com Android, iOS ou Windows, chegou a sua hora.

A Microsoft vai começar a comercializar em outubro o seu novíssimo Universal Mobile Keyboard, por US$ 79,95.

Este lançamento faz parte de uma série de atitudes que mostram que a Microsoft está sim disposta a prover software, serviços e até mesmo hardware para rivais da plataforma Windows.

Quem conhece o modelo Keyboard K480 da Logitech, vai notar as semelhanças. Mas com alguns detalhes adicionais bem interessantes.

Primeiro de tudo, é que se trata de um periférico da Microsoft. E por mais que você possa se incomodar com alguns problemas de seus softwares, teclados e mouses que recebem o selo de qualidade da empresa são muito confiáveis.

Além disso, existe um botão para trocar o modo de operação do teclado, de acordo com o sistema da Apple, do Google ou o próprio Windows Bluetooth.

UMK_top_open_black_verge_super_wide

universalkeyboard-581x417

UMK_slightly_open_black_verge_super_wide

Falando nisso, dar suporte ao iOS e ao Android não é lá uma novidade nos teclados da Microsoft, pra ser sincero. Mas a coisa agora ficou séria.

Este Universal Mobile Keyboard inclui até uma tecla Home do Android, e uma tecla CMD típica de teclados da Apple, deixando evidente que eles foram concebidos pensando nos dois sistemas.

Pra gente ter uma ideia, o teclado sequer tem um símbolo ou logo que remeta ao Windows, mesmo funcionando perfeitamente na plataforma. Pode parecer bobo, mas isso é muito raro nos produtos da Microsoft.

Mas nem a tecla Windows?” — Não… nem ela. Um passo pequeno, mas com bastante significado.

Isso mostra que a gigante de Redmond aos poucos deixa a imagem de durona e inflexível para trás, abraçando usuários de outros sistemas com todo carinho. Os tempos mudaram, meus amigos.

O teclado vem com uma bateria recarregável que pode durar até seis meses com uma carga, segundo a fabricante.

features_keyboard

mk_umk_grey_productdetails

mk_umk_large

Em casos de emergência, 10 minutos na tomada já são suficientes para prover um dia inteiro de uso. Além da parte usada para apoiar os tablets e gadgets, que pode se fechar como uma tampa para proteger o teclado enquanto ele não estiver em uso.

Nice move, Microsoft. Nice move… Fiquei com vontade de testar o brinquedinho.

E aí? O que vocês acham deste postura da Microsoft em relação aos seus concorrentes?

Fontes: ZDNet e Microsoft.

relacionados


Comentários