Meio Bit » Baú » Games » Como a nuvem poderá melhorar as criações da Telltale Games

Como a nuvem poderá melhorar as criações da Telltale Games

Telltale fala sobre como pretende aproveitar a nuvem para melhorar seus jogos, podendo então criar histórias maiores e melhores.

16/09/2014 às 14:30

walking-dead

Mais do que desenvolvedores de jogos, gosto de ver a Telltale Games como criadores de histórias interativas, produtos que tentam nos passar bons enredos e que de certa forma deixam em segundo plano aspectos importantes como gráficos e jogabilidade.

Sendo assim, como uma empresa com estas características poderia se aproveitar do Cloud Gaming, uma tecnologia que visa primeiramente nos dar acesso aos jogos em qualquer lugar, mas também oferecer títulos tecnologicamente mais avançado do que nunca? Pois foi sobre isso que falou Dan Connors, co-fundador e CEO do adorado estúdio.

Temos pensado em como usar a nuvem e o futuro dos nossos jogos usando a nuvem para contar histórias maiores, mais fantásticas,” explicou o executivo, que comparou a proposta com aquilo que temos no Netflix, ou seja, a possibilidade de começarmos uma aventura num dispositivo e podermos dar continuidade em outro.

No caso dos jogos criados pela Telltale esse recurso seria ainda mais importante, já que a todo momento o jogador está tomando decisões que influenciarão no decorrer do enredo e de acordo com Connors, os jogadores estão pedindo por isso há anos.

Além disso, a desenvolvedora acredita que a nuvem poderá facilitar o processo de interação entre mídias. Por exemplo, imagine estar assistindo um episódio do Game of Thrones e poder saber exatamente em que parte da história você se encontra no jogo, fazendo então com que as criações finalmente conversem com mais frequência.

De fato, uma das coisas que mais me incomodam é começar um jogo numa plataforma e ao sentir vontade de jogá-lo em outra, perceber que não poderei aproveitar o meu save. Talvez um dia isso se torne mais comum e se a nuvem acabar se mostrando viável só para isso, acho que a existência da tecnologia já terá sido justificada.

Fonte: GamesBeat.

relacionados


Comentários