Meio Bit » Arquivos » Games » Morre criador do clássico Lode Runner

Morre criador do clássico Lode Runner

Morre aos 54 anos Douglas E. Smith, arquiteto e desenvovedor do clássico game dos anos 80 Lode Runner

15/09/2014 às 16:11

lode-runner

Talvez os mais jovens não saibam, mas nos anos 80 o título Lode Runner representou uma revolução no mundo dos games. O game foi um dos primeiros da história a introduzir a ferramenta de edição de níveis, que fez a alegria de muita gente: afinal era possível desenvolver suas próprias fases e manter o game, que consistia em coletar tesouros de uma mina enquanto cavava buracos para de desvencilhar de inimigos e alcançar novas áreas sempre com um ar de novidade.

Por isso é triste saber que Douglas E. Smith, arquiteto e criador do game tenha nos deixado, com apenas 54 anos de idade.

O anúncio de sua morte foi feito na sexta-feira pela Tozai Games, desenvolvedora responsável pelo remake lançado para Xbox Live Arcade. Numa época em que os games era bem simples, Lode Runner não era tão diferente mas se destacava pela possibilidade do jogador criar seus próprios níveis. Smith desenvolveu o protótipo do game enquanto estudava arquitetura na Universidade de Washington, utilizando um terminal da própria instituição acadêmica para programá-lo. A primeira versão chamada Kong foi escrita em Fortran e utilizava gráficos em ASCII.

image

Posteriormente ele refinou o game e escreveu uma versão (chamada Miner), que foi bancada pela Brøderbund, que venceu a disputa entre outras três distribuidoras ao oferecer US$ 10 mil de adiantamento. Lode Runner foi então aprimorado e lançado originalmente em 1983 para além Apple II, IBM PC, Commodore 64, Commodore VIC-20, Atari 2600 e MSX, através da Konami. Através dos anos a Brøderbund e a Ariolasoft, através de acordos portou o game para inúmeros consoles,

DerSchmu — C64 Longplay - Lode Runner

Douglas E. Smith ainda trabalhou em diversos outros títulos, como por exemplo produtor em Secret of Mana e Secret of Evermore e na equipe de desenvolvimento gráfico de Final Fantasy VII, entre outros games.

No mais é uma pena que ele tenha nos deixado ainda jovem, querendo ainda poderia ter contribuído muito mais para a indústria.

Fonte: VB.

Leia mais sobre: , , , , , , , .

relacionados


Comentários