Meio Bit » Arquivos » Indústria » Por que usuário de Android se incomoda tanto com a Apple?

Por que usuário de Android se incomoda tanto com a Apple?

Fãs de produtos da marca X criticam a marca Y e vice versa. Afinal de contas, por que é que isso acontece?

10/09/2014 às 13:56

MacMotoX

Sim, essa foi uma pergunta real que li em um dos grupos de tecnologia dos quais faço parte. E acho válida. É uma discussão saudável.

Mas, na verdade, sua pergunta parte de uma generalização. Seria o mesmo que perguntar:

Por que usuário da Apple se incomoda tanto com o Android?

Só que nem todo usuário da Apple se incomoda com o Android. Como nem todo usuário Android se incomoda com a Apple.

Então mudemos para: “Por que algumas pessoas que sequer são clientes da Apple, se incomodam tanto com ela?

E aí sim a gente pode partir pra uma análise. Então vamos lá:

Afinal… por quê?

Primeiramente, preciso deixar claro aqui que sou usuário de produtos da Apple também. Todos os dias. Com iOS, Mac OS X, iPod e zaz. Isso sem contar os Android da Motorola que eu possuo, ou da Samsung, LG e HTC que eu já tive.

Já namorei alguns Windows Phone também, mas como estou sem nenhum por mais de 6 meses e certamente não estou ciente de boa parte de sua evolução, deixei fora da lista.

De qualquer forma, considere isso tudo antes de me chamar de fanboy. De qualquer marca. “Mas nem do Corinthians?” — Nem do Corinthians.

Eu sei, é chato. É chato ver alguém criticar algo que a gente gosta. É mais que normal se perguntar coisas como: “gente, mas o que essa pessoa tá falando, ela nem usa, nem é cliente, por que criticar dessa forma?”. Eu sei.

Mas tirando a minha mãe, que é imaculada, pura e angelical, quase nada está livre de críticas. Precisamos aprender a lidar com isso de uma forma racional e ponderada.

joey-not-lsitening

Usando a pergunta principal, podemos explicitar, logo de cara, alguns fatores que evidentemente levantariam críticas.

A Apple tem políticas que são diferentes da maioria de seus concorrentes. E diferenças levantam estranheza, desgosto, ou admiração, dependendo da pessoa. Algumas atitudes que a Apple toma soam leoninas, birrentas.

Quer um exemplo bem recente? Ontem, a empresa só permitiu que seu evento fosse exibido no navegador Safari, em equipamentos da Apple. Mesmo sabendo que qualquer pessoa com o mínimo de conhecimento pode jogar o link do streaming num VLC e assistir no Windows.

Logo, por que criar esse trabalho? Muitos de seus concorrentes iriam permitir que você assistisse o evento até numa geladeira com visor LCD.

Ou coisas como levantar a bandeira de que ela é sempre quem inova tudo. Isso, pessoalmente, é algo que me incomoda.

Claro que sim, ela tem ideias novas. Como o sistema do Apple Watch que te mostra a direção para a qual você precisa caminhar na base da vibração, isso é muito legal. Você não precisa ficar olhando pro mapa na tela.

Só que a Maçã faz ideias antigas parecerem “melhoradas”, ou “totalmente novas”, ou “sem precedentes”. São termos que ouvi ontem em relação ao Apple Pay, que está usando o mesmo modelo que o Google vem aprimorando desde 2011. Com parcerias semelhantes às que o GWallet tem hoje, inclusive.

google_wallet

Uma coisa legal é que a Apple vai ajudar a disseminar esse tipo de forma de pagamento. Todos ganham com isso, certamente.

Ah, mas a Apple já chegou com muitos parceiros, o Google quando chegou tinha pouquíssimos!” — é verdade. E o que você acha que fez com que estes parceiros mudassem a mentalidade de lá pra cá? O que você acha que fez redes de supermercados, lojas de games, restaurantes e afins, passarem a usar pagamento com NFC?

Um anúncio da Apple? Não. Foram 3 anos de testes com o concorrente.

Screen-Shot-2014-09-10-at-12.07.49-AM-800x507

Isso é meio irritante, mas aqui é pessoal. Não sei se isso também se aplica a outras pessoas.

Diferenças na usabilidade

Outro fator importante é a liberdade e uso e personalização para coisas pequenas que você encontra nos concorrentes e não é tão simples no iOS. E muita gente que se depara com essas coisas, brada logo “affe, esse aparelho é um lixo, não consigo nem [insira aqui algo que é simples em outro OS, mas não que no iOS demanda uma trabalheira], que lixo”.

E boa parte dessas pessoas talvez não perceba que algumas coisas são muito mais simples no iOS do que nos concorrentes.

Cada sistema tem sua usabilidade, suas peculiaridades. O Android tem um sub-sistema de compartilhamento de conteúdo que integra todos os apps instalados. No iOS, por sua vez, isso é inerente à cada um dos apps.

Isso parece bobo, mas para alguém que só usa Android, trata-se de uma falha absurda. E em vez da pessoa enxergar todas as outras coisas legais daquele sistema, passa a ficar só vendo as coisas ruins.

share2

A mesmíssima coisa acontece com usuários da plataforma da maçã em relação ao robô. Ou ao Windows Phone.

Nossa, esse Android é muito lento, é um lixo!” — Tá, mas você tá testando um modelo de entrada, que tá com o Android super parrudo entuchado num hardware bem modesto, já testou um aparelho mais novo? — “não preciso, isso nunca vai chegar aos pés do iPhone”… ooookay, fera.

E não pense que isso se restringe ao mundo dos gadgets. Há quanto tempo existe a discussão Windows vs Linux vs Mac OS? Eles são diferentes. E diferença gera estranheza.

A gente poderia listar aqui milhares de características que são exclusivas, ou diferentes, entre os sistemas da Apple e de seus concorrentes, mas tudo iria culminar em uma só coisa: é pessoal. Sim, pessoal.

IMG_0165

Na maioria das vezes, a pessoa está habituada a usar o aparelho de uma determinada forma. Como acessar um menu. Como clicar. Como fazer um screenshot. Como copiar e colar.

Apesar de saber que quase todos estes softwares estão convergindo, ainda dá pra colocar o que você quiser nesta lista de divergências. Com isso em mente, dá perfeitamente pra evitar as discussões sem sentido.

Ao se deparar com um desses trolls fanáticos que não sabem dialogar de uma forma saudável, simplesmente concorde, diga que ele tem razão e vá fazer algo que te traga algo de bom. Dali, não vai sair nada. Apenas ignore.

O ser-humano tem uma certa necessidade de pertencer a um grupo, a uma comunidade. Somos animais sociáveis. E, talvez de forma irracional, alguns indivíduos tomam para si que eles devem se segmentar em grupos, numa teoria de conjuntos maluca que usa nomes de fabricantes de produtos diversos. E que, por algum motivo nefasto, não permite interseções.

Google_Apple_Toad

Portanto, permita interseções na sua vida. Misture, teste, experimente!

É só usar bom senso, justiça e ter a cabeça aberta. Além, claro, de entender que marcas que produzem produtos eletrônicos não são times de futebol, ao qual você precisa ser fiel, torcer, vibrar e xingar o amiguinho que torce pro outro time.

Sistemas são diferentes, possuem usabilidade diferente. Get over it.

E você precisa descobrir qual melhor te serve, em vez de se tornar uma pessoa que sirva a qualquer sistema.

Leia também:

relacionados


Comentários