Meio Bit » Baú » Hardware » Snapdragon 210 levará 4G a smartphones de entrada

Snapdragon 210 levará 4G a smartphones de entrada

Novo SoC de baixo custo da Qualcomm, o Snapdragon 210 permitirá que fabricantes possam produzir dispositivos de entrada baratos que contem com conexão 4G

10/09/2014 às 11:00

snapdragon-210

Embora a grande maioria dos fabricantes de smartphones ainda não queira aceitar, a conexão 4G/LTE é uma realidade para muita gente (esqueça o Brasil, aqui nem o 2G funciona direito). O recurso ainda é tratado como feature presente quase que exclusivamente em devices de ponta, embora algumas empresas estejam começando a entender que mais e mais pessoas tem acesso a essa largura de banda (o primeiro Moto G por exemplo conta com uma versão LTE, que por sinal funciona no Brasil).

A Qualcomm sabe disso e busca resolver esse problema introduzindo um novo System on a Chip de baixo custo voltado a smartphones de entrada que conta com conectividade 4G, o Snapdragon 210.

A fabricante de chips sabe que um leviatã como o mercado de smartphones baratos não pode e não deve ser deixado de fora da conectividade 4G/LTE, principalmente porque isso representa perda de capital para sua concorrente direta MediaTek. Só na China 40% dos aparelhos enviados às lojas durante o terceiro trimestre de 2014 contam com SoCs dessa empresa, enquanto que a Qualcomm responde por apenas 27%. Introduzir um chip 4G no mercado chinês e outros como Índia e América Latina - Brasil inclusive - pode virar o jogo pelo fato de contar com um adicional que mais e mais gente querem ter acesso.

O Snapdragon 210 é um chip de entrada mas não é exatamente fraco: ele conta com uma CPU quad-core (isso aí, dual-core é passado!) Cortex-A7 com clock de 1,1 GHz, GPU Adreno 304 que permite seu uso em aparelhos com displays HD, além de suporte a câmera de até 8 megapixels, gravação de vídeos em 1080p, LTE Categoria 4 e LTE-A, Dual-SIM com LTE e QuickCharge 2.0, que permite uma recarga até 75% mais rápida (entretanto o feature depende de um chip adicional). Se há dois anos atrás você dissesse que um aparelhinho de entrada seria capaz de tudo isso eu riria, qualquer um riria. É basicamente o que o Galaxy S3 fazia em 2012, desconsiderando as particularidades como suporte a dois cartões SIM.

A previsão da Qualcomm é disponibilizar o Snapdragon 210 para seus parceiros durante o primeiro semestre de 2015, visando o mercado de smartphones de até 100 dólares. Se tudo correr bem, em breve os inúmeros aparelhos Samsung que inundam as lojas brasileiras passarão a contar com conectividade 4G, precisando apenas o sinal funcionar a contento. Mas isso... é uma outra história...

Fonte: E.

relacionados


Comentários