Meio Bit » Baú » Games » Para John Romero, FPSs ainda tem muitas novidades para mostrar

Para John Romero, FPSs ainda tem muitas novidades para mostrar

John Romero diz que FPSs ainda podem entregar muitas ideias novas, mas cita exemplos que já foram utilizados em outros jogos.

09/09/2014 às 16:00

romero

Quando se trata da falta de inovação nos games, um dos gêneros mais lembrados pelos críticos são os FPSs, mas para um dos principais nomes envolvidos com este tipo de jogo, John Romero, ainda há muito há ser explorado pelas desenvolvedoras.

Como exemplo do que os jogos de tiro em primeira pessoa podem adotar, o game designer disse que eles deveriam se aproximar dos MMOs e ao citar como essa mistura poderia ser feita, ele provavelmente esqueceu da existência de títulos como o PlanetSide 2, Destiny e até o Borderlands.

Existem uma quantidade inacreditável de novas coisas para se fazer nesse gênero. Pegue algo como o World of Warcraft – e se ele fosse um shooter? Você teria um mundo gigantesco cheio de missões e toneladas de pessoas prontas para o PvP no jogo. Se o World of Warcraft fosse um shooter, seria algo novo – ninguém jamais viu algo tão grande e tão legal.

Para o co-criador do Doom, tal jogo poderia se valer de um mapa tão extenso para transformar vilas em uma espécie de arena, onde o jogador poderia tentar alcançar o maior placar antes de seguir adiante ou ter que cumprir certos objetivos para ter acesso a itens, afirmando que ninguém nunca jogou algo assim.

Bom, eu concordo com Romero quanto a achar que ainda há muitas ideias que podem ser utilizadas pelos FPSs e principalmente quando ele diz que as desenvolvedoras “apenas copiam as mesmas coisas incansavelmente porque tem medo de tentar algo novo,” porém, sua declaração me passa a impressão de que ele anda um pouco desatualizado, pois muito do que ele propôs já foi utilizado em diversos shooters.

Como atualmente John Romero está trabalhando em um novo FPS, vamos torcer para que ele se disponha a trazer algumas boas ideias para o gênero, mas depois de tal opinião, desconfio que ele não conseguirá inovar tanto assim.

Fonte: Develop.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários