Meio Bit » Baú » Games » Unreal Engine 4 ganha loja e versão gratuita para estudantes

Unreal Engine 4 ganha loja e versão gratuita para estudantes

Para tornar a Unreal Engine 4 mais atraente para desenvolvedores indie, Epic lança uma loja e passa a oferecer a ferramenta gratuitamente para estudantes.

08/09/2014 às 14:30

Unreal-Engine-Marketplace

Uma coisa que a indústria de games tem nos ensinado constantemente é que não existe soberania que não possa ser desfeita e um dos exemplos mais recentes neste sentido é a Unreal Engine. Depois de dar vida a uma enorme quantidade de jogos na sétima geração, tendo se tornado o queridinho de muitos estúdios, eu cheguei a pensar que o kit de desenvolvimento da Epic Games reinaria por muito tempo, mas não é isso o que temos visto.

Nos últimos anos a ferramenta ganhou a pesada concorrência de outras empresas, como a Crytek e a Unity, e percebendo que muitas desenvolvedoras estavam recorrendo as engines feitas pelos outros, os criadores do Gears of War tiveram que passar a oferecer novos modelos de negócios.

O primeiro passo dado por eles foi disponibilizar um sistema de assinatura para a engine, assim os interessados teriam acesso a tudo o que ela poderia oferecer, precisando pagar apenas US$ 19 por mês e agora eles surgem com outra novidade.

Conhecida como Unreal Engine Marketplace, o lugar é uma loja onde os assinantes poderão adquirir conteúdo criado pela comunidade, algo que poderá facilitar muito o desenvolvimento de projetos e fazer com que a Unreal Engine 4 se torne mais atraente.

A Epic também reservou uma boa notícia para estudantes, pois agora o kit conta com uma versão gratuita para quem estiver estudandod esenvolvimento de jogos. Para ter acesso, eles precisam que um professor faça o pedido de uma licença e o melhor de tudo é que os títulos criados com ela poderão ser vendidos, tendo apenas que pagar uma taxa de 5% de royalties caso o game obtenha mais de US$ 3.000 num trimestre.

Eu não sei se tudo isso será suficiente para fazer com que os desenvolvedores indies adotem a UE4, mas não deixa de ser bom ver que a Epic está tentando tornar sua ferramenta mais acessível.

Fonte: Unreal Engine Blog.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários