Meio Bit » Arquivos » Ciência » Brasil vai testar foguete movido a álcool

Brasil vai testar foguete movido a álcool

Outra daquelas boas e estranhas surpresas. O Brasil vai testar um foguetinho hoje com um motor desenvolvido no país, mas não um daqueles rojões safados. É um legítimo motor de combustível líquido, igual ao de foguetes de verdade. E mais, é um foguete movido… a álcool!

30/08/2014 às 10:31

babylon51

Eu sei, eu sei. Vai ser um inferno o foguete ligar no inverno, consome mais, não sobe ladeira direito (o que é péssimo para foguetes) e o Governo vai misturar 50% de gasolina anyway, mas piadas à parte, é um avanço. Não pelo uso do álcool em si, o exemplo mais conhecido de foguetes usando a mesma combinação, álcool/oxigênio líquido é o míssil V2, obra de Werner Von Braun.

A questão também não é que estamos em 2014 inventando tecnologia de 1943, mas não se salta etapas em tecnologia, a não ser que você queira ficar dependente para sempre de fornecedores externos. Motores de combustível líquido são essenciais para qualquer atividade espacial de gente grande. Fora isso seu foguete é no máximo um rojão gigante, pois não há como controlar a potência, desligar ou religar o foguete de combustível sólido.

O VS-30 é o foguetinho que será lançado hoje, da Base de Alcântara. Foi desenvolvido pela Orbital Engenharia em parceria com o Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE), do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) da Aeronáutica.

O motor da Orbital Engenharia desenvolve 15 kN (quilonewtons) de empuxo, e é bem ousado, por usar oxigênio líquido. Combustível criogênico não é algo nada simples de lidar.

Se tudo der certo o vôo de testes terá 2 minutos de duração, será monitorado via telemetria e os restos do foguete aparecerão mais tarde como OVNIs, no G1.

Fonte: Agência Brasil, via dica do tuinto do Sérgio.

P.S.: não, álcool não é uma opção boa e verde. Muito provavelmente só está sendo usado por ser barato. Em propulsão de foguetes tudo se resume à eficiência energética, e como todo dono de carro sabe, álcool é uma droga. Etanol tem densidade energética de 19 MJ/litro. A boa e velha gasolina, 34,2 MJ/L. Hidrogênio líquido, 141,86 MJ/L. Por isso mesmo sendo um inferno os foguetes grandes acabam usando hidrogênio e oxigênio.

Para coisas pequenas, sim o álcool atende. Colocar satélites em órbita não, mas testar equipamentos em microgravidade e aterrorizar Londres, está valendo.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários