Meio Bit » Baú » Fotografia » Quanto preciso gastar para fazer uma boa foto?

Quanto preciso gastar para fazer uma boa foto?

Quanto você acha que tem que gastar em equipamentos para fazer uma boa foto? O fotógrafo Brian Spencer fez um pequeno experimento que pode indicar o caminho para você que está começando.

29/08/2014 às 14:10

Essa foi dica de um leitor e realmente a matéria é muito bacana e mostra o que os fotógrafos mais experientes já sabem. Equipamento não é tudo. E junto a isso um outro pensamento. Hoje, a maioria das câmeras fotográficas em comercialização são capazes de fazer ótimas imagens, mesmo no modo automático.

Foi publicado no Petapixel um texto do fotógrafo Brian Spencer onde ele se propôs um desafio muito simples. Depois de fazer uma foto de um colibri com sua Nikon D810 com a lente Nikkor 85mm f/1,8; ele foi indagado por um leitor de sua página no facebook o quanto ele precisaria gastar em equipamento para fazer uma foto com aquela qualidade. Uma indagação interessante e que poucos se colocam a pensar. Afinal de contas é possível fazer imagens soberbas com qualquer câmera, mas até onde a utilização de equipamentos avançados e lentes caríssimas vão influenciar nisso? Spencer decidiu montar um kit básico de câmera e fazer comparações com as fotos feitas com seu equipamento principal.

E já que o objetivo era comparar o barato com o caro, nada melhor do que procurar equipamentos usados no site e-bay. O kit montado pelo fotógrafo, para entrar em comparação com seu equipamento principal foi:

- Nikon D40 (incluído gratuitamente cartão de memória de 2 giga): US$ 109

- Lente Nikkor 18-55 US$ 59

- Lente usada Tamron 90 milímetros Macro: US$ 209

- Flash usado YONGNUO YN-560 US$ 59

- Tripé usado: US$ 10

- Rádio flash Cowboy Estúdio Triggers: US$ 18

- Controle remoto usado Nikon: US$ 2,30

- Tripé e sombrinha usados: US$ 30,00

- Photoshop: US$ 10,00 / mês

Ou seja, um total de US$ 506,30 por um kit completo, sendo que muitos equipamentos são usados, cujas fotos serão comparadas com um kit de equipamentos que custou mais de US$ 7 mil. O interessante é que isso não se trata de uma comparação pau a pau para determinar qualidade e sim se é possível fazer boas fotos com uma câmera mais modesta. Spencer comparou as câmeras nos tipos de fotografia que ele mais costuma fazer e tentou utilizar configurações e distâncias focais parecidas. Foram executadas fotos com longa exposição, fotografia macro, retratos e fotografia de natureza. Você pode ver todas as comparações no texto original, mas gostaria de mostrar apenas duas aqui.

comparativo_nikon

A foto da esquerda foi feita com a Nikon D810 e a da direita com a Nikon D40. Ambas setadas em modo de prioridade de abertura em f/10. O fotógrafo aponta que com essa visualização as duas parecem praticamente iguais, mas um zoom com a foto da D810 apresenta muito mais detalhes por conta da diferença de resolução. O detalhe é que você gastaria US$ 3.789,00 para fazer a foto da esquerda e apenas US$ 338,00 para fazer a foto da direita.

comparativo_nikon2

Esse foi um dos retratos produzidos para o comparativo. Aqui sim notamos algumas diferenças, principalmente por conta da qualidade das lentes e uma leve diferença na cor das fotos, mesmo que o fotógrafo tenha feito o pós-processamento para acertar as cores. Porém, mais uma vez, não existem diferenças gritantes. As duas fotos poderiam ser entregues a um cliente que pagou pela confecção das imagens. A foto da esquerda foi feita com a Nikon D40 com a lente Tamron 90mm f/2,8. Custo total da imagem: US$ 328,00. A da direita foi feita com a Nikon D810 com a lente Nikkor 85mm f/1,8. Custo da imagem: US$ 3.860,00.

Ou seja, a conclusão é bem obvia. Não importa o equipamento, e sim o que você faz com ele. Recentemente passei por algo que pode ser comparado com a situação deste texto. A minha lente principal, uma 28mm f/1,8, sofreu um acidente e foi para a manutenção. A única lente que tinha com distância focal parecida era a lente do kit, uma 18-55mm. Tive que me virar com ela e voltar a fotografar com uma pequena abertura de diafragma. Embora não goste de admitir, a lente mais cara é um conforto que pode ser substituído por uma lente mais simples com um pouco mais de trabalho e criatividade. Não percam de ler o artigo inteiro de Brian Spencer. Vale a pena.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários