Meio Bit » Baú » Games » Após seis anos, Xbox perde exclusividade da Ska Studios

Após seis anos, Xbox perde exclusividade da Ska Studios

Salt and Sanctuary, título exclusivo para PS4 e PS Vita marca o fim do casamento entre a desenvolvedora indie Ska Studios e a Microsoft

29/08/2014 às 10:00

salt-and-sanctuary

A Ska Studios é uma pequena desenvolvedora indie que está na ativa há sete anos (na prática há 13), seis deles passados em uma relação bastante estável com a Microsoft. De Charlie Murder às séries The Dishwasher e Zombie Smashers, todos eles foram lançados exclusivamente para a plataforma Xbox e Windows Phone. Isso gerou até um caso curioso no ano passado, quando um "desenvolvedor" russo portou um de seus títulos para PC ilegalmente, alegando "fazer justiça" a quem não tinha um Xbox 360 e queria jogar.

Agora, após quase uma década de um casamento feliz, a Ska Studios está juntando os trapos com a Sony.

De uma forma curiosa Salt and Sactuary, seu próximo título que será lançado em 2015 foi anunciado como um exclusivo de PS4 e PS Vita. A decisão de mudar de ares não foi fácil, de acordo com o co-fundador do estúdio James Silva. Entretanto, a nova geração de consoles evidenciou um problema da plataforma Xbox para os desenvolvedores: ela datou. O Xbox One não possui suporte a .NET, diferentemente do PS4, e todos os títulos do estúdio até então eram desenvolvidos em .NET/XNA, ambas plataformas não mais suportadas pela Microsoft. Embora pareça uma desculpa preguiçosa, trabalhar numa plataforma que permita uma migração de tecnologia mais tranquila acabou pesando na escolha de lançar Salt and Sanctuary para os consoles da Sony.

A Ska Studios não é a única que pensa dessa forma. Apesar do programa [email protected] ser interessante, muitos devs independentes estão descobrindo que nesse momento, trabalhar com a Sony é melhor que com a Microsoft. Isso não significa entretanto que a Ska Studios vai abandonar o Xbox One ou o Windows Phone. Apenas que neste momento o PS4 parece ser um caminho melhor para seu novo game.

Fonte: J.

relacionados


Comentários