Meio Bit » Baú » Fotografia » Pentax KS-1 — luzinhas piscando

Pentax KS-1 — luzinhas piscando

A Ricoh incorpora o espírito desbravador da Pentax e libera a KS-1, uma câmera que vai chamar mais a atenção pelos penduricalhos do que pela qualidade de imagem.

28/08/2014 às 13:01

Com o nome Pentax envolvido eu não deveria achar estranho. Mas, pensei que a Ricoh, depois de comprar a divisão de fotografias da Pentax, iria dar uma freada nesta tendência exibicionista da marca, mas eu estava errado. Para quem não lembra, a Pentax foi responsável por uma onda inacreditável de edições especiais de suas câmeras, sendo que uma era mais bizarra do que a outra. Porém, em minha opinião, nenhuma mais estranha do que a Pentax K-x Korejanairobo Edition , se bem que a Evangelion Edition da Q10 ficou deliciosamente esquisita também.

A Ricoh acaba de fazer o anúncio de mais uma câmera reflex intermediária com a marca Pentax. A KS-1 é uma câmera bonita, que possui um design baseado na tradição das câmeras digitais da marca. A grande diferença aqui é uma linha de pequenos LEDs que ficam dispostos na empunhadura da câmera e em volta do botão de disparo. Esse sistema, batizado pela Ricoh de Sistema de Interface de Iluminação, possui a desculpa oficial de eliminar algumas complexidades do uso de uma câmera reflex e dar um feedback ao usuário sobre o que está acontecendo com a câmera, mesmo no escuro. Aliás, utilizar o sistema no escuro deve ser uma coisa linda. Na prática, as luzes piscantes parecem ser meramente decorativas. O LED pulsa de modo diferente dependendo do modo de disparo que está regulado, mostra a contagem regressiva o disparo remoto e fica vermelho quando o modo vídeo está sendo utilizado. Não deve ser um bom equipamento para se utilizar no teatro, pois vai chamar mais a atenção do público do que o espetáculo.

Tirando essa maluquice, se trata de uma câmera correta e com recursos interessantes. Ela está equipada com um sensor CMOS APS-C com 20 megapixels de resolução máxima com estabilização de imagem. Uma vantagem interessante é o visor pentaprisma com cobertura de 100% da imagem. Pode parecer uma besteirinha, mas só quem já usou sabe como é bacana. A câmera também apresenta o simulador de filtro anti-aliasing, que é encontrado na Pentax K3. Fechando o pacote temos a incrível sensibilidade ISO máxima de 51.200, modo contínuo com 5,4 fotos por segundo, gravação de vídeo em Full-HD e visor LCD com 3 polegadas.

A Pentax KS-1 vai chegar ao mercado em setembro com a opção de 12 cores diferentes. O valor, junto com a lente SMC DA L 18-55mmf/3,5-5,6; deve ficar em torno de US$ 799,95.

Pentax_KS1

Fonte: Dpreview.

Leia mais sobre: , , , .

relacionados


Comentários