Meio Bit » Baú » Ciência » Foguete da SpaceX tem um problema perto de Houston

Foguete da SpaceX tem um problema perto de Houston

Até mesmo Tony Stark tem seu momento humano: um foguete da SpaceX teve uma imperfeição no lançamento e Elon Musk precisou destruir o Falcon 9.

26/08/2014 às 9:16

ops

Longe de mim defender Adolf Hitler, mas ele foi completamente enganado por um tal de Werner Von Braun. Depois de convencer o Führer a investir milhões de marcos em seu projeto de foguetes, ficou evidente que o lema Ad Aspera Per Aspera, “Para as estrelas apesar dos percalços” era por demais otimista. Ir aonde nenhum homem jamais esteve não era fácil nem para o Übermensch.

Para não ter o projeto cancelado e sua equipe transferida pra Frente Russa, Von Braun editou filmes dos raros lançamentos bem-sucedidos (houve uma fase em que de 26 lançamentos só quatro deram certo) e mostrou a um Führer satisfeito como os porcos ingleses seriam dizimados pelas implacáveis Vergeltungswaffe.

Com o tempo e dinheiro extras Von Braun conseguiu resolver os problemas, e no final realizou seu sonho, seu foguete gigante gerou inveja e admiração em todas as nações e ele colocou um Super-Homem acima de todos os outros. O nome dele? Neil Armstrong.

Exploração espacial É complicado, sempre foi. Mesmo sem datilógrafos para culpar, temos casos como a Challenger, a Columbia, vários acidentes com os russos, Apollo I, Apollo XIII e incontáveis foguetes que explodiram sem vítimas, com prejuízos de milhões de dinheiros.

A SpaceX fundada em 2002 vinha demonstrando um histórico anormalmente bem-sucedido, tendo sofrido UMA falha no lançamento de um Falcon 9, e mesmo assim só metade dos satélites da missão não foram colocados na órbita correta. É quase suspeito que uma empresa envolvida em tecnologia de ponta não tenha problemas. Para tristeza de quem imaginava algum tipo de pacto com o tinhoso, FINALMENTE a empresa espacial de nosso Tony Stark favorito passou por um revés.

Durante um teste do Grasshopper, aquele foguete que decola e pousa verticalmente sofreu o que a SpaceX chamou de… “anomalia”. O software interno detectou condições anormais e automaticamente comandou o cancelamento do vôo, da forma mais dramática possível.

Pode parecer drástico, mas quando você lida com algo tão perigoso como dezenas de toneladas de combustível altamente explosivo na dúvida é melhor detonar o foguete sobre a área de testes do que tentar recuperar o controle e fazer com que ele se dirija a uma área povoada.

Ninguém ficou ferido, aprendeu-se bastante com os dados colhidos e, no final, foi só dinheiro. Isso Elon Musk tem de sobra.

Veja que cena espetacular:

Garrett Frankson — SpaceX Falcon 9-R Dev1 Explosion

Nota: o campo de testes da SpaceX fica em McGregor, a umas 200 milhas de Houston. Tecnicamente não é perto, mas estamos falando de foguetes. Então é.

Leia mais sobre: , , , , .

relacionados


Comentários