Meio Bit » Baú » Mobile » Mãe cria aplicativo para evitar que filhos ignorem suas ligações

Mãe cria aplicativo para evitar que filhos ignorem suas ligações

Ignore No More: mãe do Texas se frustra ao não conseguir contato com seu filho e resolve criar um app para bloquear o aparelho até que o adolescente ligue de volta. Funcionou.

18/08/2014 às 15:00

family-guy

Eu poderia aqui começar a escrever sobre uma mamãe do Texas preocupada com suas crias, carinhosa e cuidadosa.

Não que isso tudo não seja verdade, mas falar apenas disso seria superficial, uma vez que a mamãe no caso é Sharon Standifird, uma policial militar que serviu na Guerra do Golfo, já escalou o monte Quilimanjaro e se tornou uma programadora de aplicativos para plataformas móveis por conta própria.

Bom, com um currículo assim, que filho maluco é esse que resolveu não retornar suas ligações, certo?

Pois bem, certa vez dona Sharon tentou ligar e mandar mensagens de texto para seus filhos, sem sucesso. Já que eles estavam se sentindo confortáveis em evitar a tentativa de contato da mãe, ela teve uma ideia: criar um app que desliga todas as funções extras do aparelho, deixando apenas a possibilidade de efetuar uma ligação para pessoas de uma lista que ela mesma cria e gerencia.

E foi assim que, trabalhando no design, e recebendo a ajuda de outros Developers, nasceu o “Ignore No More” (Android, por US$ 1,99)!

Tudo o que eu preciso fazer é acionar o aplicativo, escolher o nome e bloquear seu aparelho. Digito uma senha de quatro dígitos para o futuro destravamento e pressiono ‘bloquear telefone do Bradley’.” — disse ela.

Imediatamente o telefone de seu filho esmaece e tudo o que o garoto pode fazer agora é ligar para sua mãe e pedir para que ela destrave o celular.

Ok, é possível ligar para o 911, já que ele pode ter uma repentina emergência, mas duvido que a polícia vá se preocupar se o garoto precisa urgentemente comprar um item no jogo da Kim Kardashian.

E vocês podem dizer que “ah, mas uma vez que eles descobrem a senha, já era”. Não funciona, primeiro porque só quem bloqueou pode desbloquear, mas principalmente pelo fato de que os pais podem trocar a senha à cada processo.

Tudo bem que isso, para pais com pouca memória, pode gerar um problemão, mas a princípio é um bom recurso de segurança contra os adolescentes.

Falando nisso, A CBS perguntou para um dos filhos de Sharon o que ele achava da ideia. Sua resposta?

Bem, eu achei que é uma boa ideia, mas para outras pessoas, não pra mim.”

— Claro que não pra você né?

Sharon ainda disse que desde que passou a usar o aplicativo em casa, ele passou a responder as chamadas muito mais rápido que de costume. O que podemos traduzir como “sucesso absoluto”.

https://www.youtube.com/watch?v=otIJLBhA5Og
Texas Mom Invents An App Kids Can't Ignore

No momento o software já foi baixado por mais de 5 mil pessoas e o número não pára de subir.

Sinceramente eu acho uma ótima estratégia, uma vez que quem paga pelo aparelho normalmente são os pais, como uma forma de entrar em contato com os filhos.

Seria perfeito se a educação dada aos pimpolhos fosse suficiente para evitar atitudes como essa, mas sabemos que as coisas nem sempre saem como planejado.

Aliás, não entendo como invasão de privacidade, e pode ajudar um pouco no controle parental.

E vocês? Queremos saber o que acham sobre o aplicativo.

É benéfico? É uma intrusão? Uma afronta aos direitos dos filhos? Deixem sua opinião aqui nos comentários.

Fonte: Independent.

relacionados


Comentários