Meio Bit » Baú » Áudio e vídeo » Aquisição pela Warner pode salvar Xbox Entertainment Studios

Aquisição pela Warner pode salvar Xbox Entertainment Studios

Após ser fechado pela Microsoft, Xbox Entertainment Studios busca numa possível aquisição pela Warner Bros. a possibilidade de continuar vivo

15/08/2014 às 8:30

halo-nightfall

Pois é, como Satya Nadella está querendo mostrar serviço para o grupo de diretores da Microsoft, cortando tudo o que não for capaz de gerar lucro ou despesas desnecessárias, Redmond passa por uma reformulação geral que vai vitimar 18 mil funcionários, a maioria da Nokia. Encerramento de produtos em prol de manter o foco em uma única direção foram feitos, e uma dessas divisões que dançou foi a Xbox Entertainment Studios, anunciada com pompa e circunstância em 2013 como um canal voltado a produzir conteúdo original para a plataforma Xbox, e que contava com nomes de peso como Ridley Scott e Steven Spielberg em suas produções.

Só que isso pode não ser inteiramente uma realidade para o estúdio de Santa Monica. De acordo com o The Hollywood Reporter, a situação atual do finado estúdio não é bem "morto", mas mais para "procurando uma nova casa". A divisão estaria em processo de negociações com a Warner Bros., buscando uma forma de ser adquirida e se estabelecer como uma entidade em separado. Um porta-voz da Warner apenas se limitou a dizer que o grupo "está sempre realizando negociações em busca de novas oportunidades de negócios, mas uma conversa não é nada além disso".

Quando a Microsoft fechou o Xbox Entertainment Studios, apenas as obras em andamento foram garantidas ver a luz do dia (como as séries Halo: Nightfall de Ridley Scott e a outra baseada no universo de Master Chief, com produção de Spielberg) e o estúdio não mais anunciaria novas obras. Com uma possível aquisição pela Warner, não só novas séries e curtas poderiam ser produzidos como o Machinima, a rede de YouTube centrada em gameplays poderia acabar fundida com o estúdio como forma de centralizar a produção de conteúdo original. A Warner tem interesse em gerar conteúdo voltado ao público gamer, já que em março injetou US$ 18 milhões no Machinima.

Procurados, nem o Machinima ou os representantes do XES quiseram comentar a notícia. Em caso do negócio ser fechado, ainda que a Microsoft deixe de controlar o estúdio é preferível que o Xbox Enterteinment permaneça vivo, pois Halo: Nightfall parece pra lá de promissor.

Xbox — Halo: Nightfall First Look

Fonte: THR.

relacionados


Comentários