Meio Bit » Arquivos » Games » Biblioteca do Congresso descobre game perdido do Duke Nukem

Biblioteca do Congresso descobre game perdido do Duke Nukem

Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos descobre código-fonte da versão de PSP de Duke Nukem: Critical Mass, game que nunca foi lançado

13/08/2014 às 16:00

duke-nukem

O que muita gente desconhece (ou ignora) é que a Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos não arquiva e disponibiliza para apreciação pública documentos de cientistas de renome como todo o acervo pessoal de Carl Sagan. O chamado Departamento de Imagem em Movimento (Moving Image Section) recebe, cataloga e armazena quaisquer obras audiovisuais para registro e manter um histórico da memória do país, e obviamente isso se estende a jogos videogames. Cerca de 400 são enviados para serem registrados e 99% deles acabam publicados.

É nesse 1% que reside a história de hoje, em que um técnico encontrou uma cópia do código-fonte de um game de PSP que nunca viu a luz do dia (e segundo dizem, foi melhor assim).

Há alguns meses, um técnico do departamento chamado David Gibson realizava um inventário dos itens que estavam chegando à biblioteca, quando um item em especial chamou-lhe a atenção: era um DVD+R comum, guardado num envelope de papel como esses vendidos avulsos em lojas e papelarias. Entretanto, qual não foi sua surpresa ao ver o que estava escrito à mão na embalagem: Duke Nukem: Critical Mass para PSP, um game que jamais foi lançado por que sua versão para Nintendo DS era ruim demais. Só que ao checar a mídia, achando que se tratava de um vídeo de gameplay, só que sua entrada nos arquivos detalhava seu conteúdo: era o código-fonte do game inteiro.

duke-nukem-dvd-r

Graças a um amigo desenvolvedor, Gibson conseguiu decriptar parte do código e teve acesso à trilha sonora e texturas do game, até mesmo o modelo 3D de Duke Nukem e itens como um jetpack, além de cenários. Infelizmente, como há toda uma burocracia em torno de direitos autorais a Biblioteca do Congresso ou Gibson são vedados a fornecer maiores detalhes.

source-code-thumb

O desenvolvimento de Duke Nukem: Critical Mass para PSP e DS começou em 2008 e ficou à cargo da polonesa Frontline Studios, mas como aparentemente ele foi mordido pelo mesmo bichinho que contaminou Duke Nukem Forever, a versão do DS só foi lançada em 2011 e foi achincalhada por Deus e o mundo, tendo sido eleito como "o pior game de portátil de 2011 e talvez de todos os tempos" pelo pessoal do ScrewAttack. A recepção foi tão negativa que a versão de PSP, bem como as duas sequências (Critical Mass foi pensado como o primeiro capítulo de uma trilogia), Duke Nukem: Chain Reaction e Duke Nukem: Proving Grounds foram cancelados.

Gibson espera que no futuro, pendengas com estúdios sejam mais facilmente resolvidas a fim de tornar esses títulos esquecidos e perdidos mais acessíveis no futuro, graças a um maior enfoque na pesquisa e preservação desse tipo de mídia. Claro que isso é importante, mas bem que poderiam ter descoberto um game melhorzinho.

Fonte: LoC.

relacionados


Comentários