Meio Bit » Baú » Ciência » Japão quer criar uma força espacial de defesa, tipo Patrulha Científica

Japão quer criar uma força espacial de defesa, tipo Patrulha Científica

Japão quer colocar em funcionamento até 2019 uma Patrulha Científica, atrelada às Forças de Autodefesa. Infelizmente não faz parte desses planos construir o Yamato. Pena, se bem que me contentaria até com o Robô Gigante.

05/08/2014 às 12:35

science_patrol_03

Google para Science Patrol. Bem melhor que uma foto do Hayata.

Na primeira versão de Ultraman o Science Special Search Party era um grupo de incompetentes cuja única função era encher tempo de tela, apanhar dos monstros e rezar pro Hayata empunhar a Cápsula Beta e se transformar em ULTRAMAN.

O nome do grupo foi compreensivelmente adaptado para Patrulha Científica, sendo que não patrulhavam nada, obviamente. Não é preciso ser muito científico pra identificar um monstro de 10 mil toneladas destruindo Tóquio.

Agora parece que o Japão quer tornar realidade essa idéia.

Não dos monstros, e infelizmente não do Ultraman, mas da Patrulha Científica. O Ministério da Defesa revelou planos de até 2019 ter funcionando uma série de observatórios que irão monitorar o espaço à procura de kaijus ameaças.

Não é um sistema de alerta antecipado contra mísseis balísticos da Melhor Coréia, esse já está funcionando. O objetivo é se precaver contra a ameaça de lixo espacial e um eventual asteroide.

A Estação Espacial já entrou em alerta várias vezes por ameaça de colisão com lixo espacial, em alguns casos os astronautas se refugiaram nas naves de fuga. A quantidade de tralha em órbita só aumenta, e projetos como esse do Japão são sempre bem-vindos. Eles pretendem compartilhar informações com o Comando Espacial Norte-Americano, e não duvido que outros países entrem no projeto.

Sorte nossa, azar dos kaijus. Ou melhor, nem isso, nenhum kaiju que se preza jamais chegou a tomar conhecimento da Patrulha Científica.

Fonte: Mainichi.

relacionados


Comentários