Meio Bit » Arquivos » Games » Beyond Good and Evil 2 vai acontecer, mas vai demorar

Beyond Good and Evil 2 vai acontecer, mas vai demorar

Ubisoft diz que Beyond Good and Evil 2 ainda será lançado, mas estúdio de Michel Ancel não tem pressa em entregar um game que supere todas as expectativas

04/08/2014 às 8:30

20130912beyond-good-evil-2-.jpg

Michel Ancel é uma figura do mundo dos games que merece notoriedade pelos serviços prestados mídia, sejam pelos games ou por contribuições técnicas como visto com a UbiArt Framework, engine que deu vida às obras-primas Rayman Origins e Legends, Child of Light e Valiant Hearts: The Great War. Entretanto, toda vez que o nome do desenvolvedor vem à tona, as esperanças em torno da sequência de Beyond Good and Evil ressurgem com força. E não é para menos, o game foi um dos melhores da sexta geração, e o segundo capítulo é prometido há pelo menos seis anos.

Agora que Ancel fundou a Wild Sheep, um estúdio independente procurando trabalhar como novos profissionais e também desenvolver novas criações que não encontrariam lugar na Ubisoft (embora ele tenha deixado claro que não sairá da desenvolvedora onde trabalha há 25 anos), muita gente se perguntou se Beyond Good and Evil 2 poderia ter sofrido algum revés, já que o desenvolvimento dele não está nem andando a passos de tartaruga, isso seria rápido demais. A única coisa que vimos do game foi o tech demo abaixo há anos atrás, e recentemente um pôster exibido por Ancel com o novo visual da protagonista Jade.

Sobre o game, um porta-voz da Ubisoft foi categórico em dizer que ele será lançado eventualmente, mas que os fãs não devem esperá-lo para tão cedo:

De certa forma, Beyond Good and Evil é um game incomparável, que apela a todas as gerações de jogadores e é inspiração por trás de muitos jogos passados e futuros da Ubisoft. (...) Ainda é cedo para darmos quaisquer detalhes sobre esse novo título, mas o que podemos dizer é que Michel (Ancel) e o time da Ubisoft Montpellier estão trabalhando nos princípios fundamentais de Beyond Good and Evil; eles estão desenvolvendo algo que busca atravessar os limites de uma simples sequência e elevar os limites das tecnologias da nova geração para entregar um game realmente surpreendente, inovador e excepcional. Todo o time está empolgado com a direção que esse projeto extremamente ambicioso está tomando, e teremos mais a compartilhar conforme ele evolui.

Como visto, a equipe de Ancel que fazer de Beyond Good and Evil 2 um épico, indo até os limites do que a tecnologia dos consoles de mesa pode fazer. Não é surpresa portanto ele ter migrado da sétima para a oitava geração e mais ainda, pelas palavras do porta-voz ele sequer será um game de meio de geração, o que indica que levará uns bons anos até que ele seja de fato lançado. Minha preocupação é que ele se torne um vaporware como muitos outros que vemos por aí, sendo sempre empurrado para a frente e não aparecendo nunca. Isso é algo que o game não merece, e prefiro acreditar que a demora será justificada com um game capaz de superar todas as expectativas.

Fonte: RPS.

relacionados


Comentários