Meio Bit » Arquivos » Hardware » Drone ajuda a localizar velhinho desaparecido nos EUA

Drone ajuda a localizar velhinho desaparecido nos EUA

Senhor de 82 anos desaparecido por três dias é localizado por drone em apenas 20 minutos; caso pode mudar visão de seu uso em operações de resgate nos EUA

24/07/2014 às 15:00

drone

Nos Estados Unidos está rolando uma discussão forte sobre a legalidade do uso dos drones, não para aplicações comerciais (já que a FAA puxou o tapete da Amazon), mas para operações de resgate. E agora a atuação de um desses gadgets pode aajudar a pender a balança para o lado dos donos dos drones.

O caso aconteceu em Fitchburg, Wiscosin. Um oftalmologista de 82 anos chamado Guillermo DeVenecia, que sofre de problemas mentais e é quase surdo desapareceu no último fim de semana, e o processo de busca pelo velhinho envolveu uma equipe de centenas de voluntários, cães e até um helicóptero. O mais curioso é que após três dias de trabalho não conseguiram nem um sinal do velhinho. Isso até um operador de drone amador reforçar o time de busca.

David Lesh é dono de uma marca de roupas para sesqui e snowboarding do estado de Colorado, e ocasionalmente utiliza seu drone para fazer vídeos relacionados a seu negócio. Ao visitar sua namorada na cidade ele resolveu emprestar seu drone ao esforço de encontrar o senhor desaparecido. Ele fez uma tentativa e colocou seu robozinho para varrer uma área de cerca de 81 hectares a cerca de 60 metros de altura, sobrevoando um campo de feijão. O mais surpreendente é que em apenas 20 minutos o drone cobriu uma área que levaria horas para pessoas em terra, e por fim acabou localizando o sr. DeVenecia, andando desorientado. Bem humorado, o velhinho não entendia o que aconteceu e disse que "estava dando apenas uma volta".

Esse caso poderia auxiliara mudar a percepção dos órgãos reguladores, fazendo-os entender que a regulação do uso de drones para situações de resgate é benéfica e não visa atrapalhar ninguém. Anteriormente a FAA derrubou a iniciativa de um grupo de voluntários e não se mostra propensa a mudar de opinião, em que drones dever ser controlados como aeromodelos: só permitidos em áreas restritas e a uma distância pré-determinada do chão. É uma pena, pois são ferramentas que poderiam ajudar muito as pessoas.

Fonte: GOM.

Leia mais sobre: , , , , .

relacionados


Comentários