Meio Bit » Baú » Games » Google não chamará mais os jogos F2P de gratuitos

Google não chamará mais os jogos F2P de gratuitos

Caça-níqueis ou uma maneira gratuita de jogar? Para evitar problemas, Google deixará de classificar jogos free-to-play como gratuitos e Apple deverá seguir o mesmo caminho.

21/07/2014 às 8:30

caca-niqueis

Quando você ouve o termo free-to-play, qual a primeira coisa que lhe vem à cabeça? Apenas mais um caça-níqueis sem muita complexidade ou a possibilidade de jogar algo sem gastar um centavo? Embora eu acredite que de certa forma ambas as respostas estejam corretas, se pensarmos em alguém que não está muito familiarizado com a indústria, acredito que a segunda opção seja mais provável.

Pois deve ter sido para evitar que esse público seja enganado, que a Comissão Europeia dos Direitos do Consumidor resolveu atender às reclamações e pediu que tanto Apple quanto Google não chamem mais os games que contarem com microtransações de gratuitos e a gigante de Mountain View já avisou que acatará a medida.

Segundo a solicitação, embora os jogos que adotem este modelo de negócios possam ser adquiridos gratuitamente, na verdade eles não são e a Comissão pediu também que fique mais claro quando uma compra estiver sendo realizada, iniciativa que visa diminuir os problemas com crianças que gastam pequenas fortunas acidentalmente.

Quanto a Apple, a empresa informou que também fará a mudança, mas não divulgou um prazo para que isso aconteça e se defendeu dizendo que o seu sistema possui um controle parental muito fácil de ser implementado e que todos os jogos com microtransações possuem indicações bem claras sobre isso.

Essa decisão não chega a ser surpresa, já que no início do mês uma agência britânica proibiu a EA de “vender” o remake do Dungeon Keeper como gratuito e naquela ocasião eu cheguei a dizer que estava sendo aberto um precedente, apesar de continuar com a opinião de que em relação a estrutura dos jogos F2P, nada mudará, apenas veremos a criação de um novo termo para eles.

Fonte: Engadget.

relacionados


Comentários