Meio Bit » Arquivos » Indústria » Em breve será possível personalizar a interface de relógios com Android Wear

Em breve será possível personalizar a interface de relógios com Android Wear

Google anuncia que em breve os desenvolvedores de Android Wear poderão trabalhar com uma API que trará suporte à personalização da interface do sistema em smartwatches. Desenvolvedor da empresa pede, portanto, que programadores que já estejam trabalhando nisso parem as máquinas. Entenda:

18/07/2014 às 9:16

moto360-concept-2

Eu me lembro de uma época, no final dos anos 80 e começo dos anos 90, que relógios da Champion vendiam feito adaptadores de cabos da Apple em dia de lançamento de iPhone novo.

Ok, nem tanto, mas era uma febre em qualquer grupo de aborrescentes, na escola, no bairro, onde fosse.

Isso porque eles permitiam que a pessoa trocasse a pulseira do aparelho e ele assumia outras cores e você poderia combinar com cada roupa diferente, com o tênis, com o raio que o parta.

Até hoje essa empresa — e algumas outras que gostaram da ideia — vendem relógios assim.

relogio-troca-pulseira-champion-original-15899-MLB20110858689_062014-F

relogio_champion2

7394337_1GG

E por que esse sucesso acontece? Eu suponho que seja porque as pessoas gostam de poder personalizar este tipo de acessório.

Imagino que o Google saiba disso. Aliás, personalização está em seu DNA. De uma forma mais moderna, evidentemente, e, ao contrário do que foi dito anteriormente, a empresa vai sim permitir que os smartwatches que utilizem o sistema Android Wear possam ter sua interface principal personalizada.

Explicitando para evitar confusão: estamos falando de uma alteração na camada do software, não das pulseiras.

Segundo um post de Wayne Piekarski, desenvolvedor sênior do Google, a empresa vai disponibilizar em breve uma API oficial que vai dar aos programadores da plataforma a capacidade de criar designs para este tipo de dispositivo.

Personalização ajudou o Android a prosperar e isso também será verdade para o Android Wear. Estamos trabalhando para fazer disso algo o mais simples possível para vocês, de modo que seja fácil criar interfaces bonitas e que funcionem bem em vários formatos, não consuma muita bateria e que apresente os cards para o usuário de uma forma agradável.” — disse o profissional.

Assim… pelo que eu fucei na API atual, já dá pra criar uma cara personalizada para um gadget destes. Com esforço, digamos, moderado. Se você estiver com paciência e tempo livre, dá pra fazer.

Moto-360-Aramis-anim (1)

O próprio Piekarski pede para, caso alguém já esteja programando algo assim, que espere sair a API, de forma a garantir a estabilidade e compatibilidade com futuras versões do Android Wear. Sim, de fragmentação, já basta o que aconteceu com o Android de smartphones por anos, certo?

De qualquer forma, já tem uma galera criando alguns conceitos de como essas novas telas principais ficariam no Moto 360, por exemplo. Dá uma olhada em algumas ideias publicadas pelo Mashable:

moto360-concept-2

vanishing-hour2

will-rodriguez

moto3-blue-square

Moto-360-Product_flyingrhinocmg_concept2_a_v3

Moto-360-Aramis-anim

Moto-360-Product-Template-SPEEDO

Moto-360-Product-5-Pawel-H

4

Ainda não se sabe quando a nova API será lançada, mas eu colocaria minhas fichas em alguma data após a migração para o Android L, nova versão do robô. E isto está previsto para acontecer no fim deste ano.

E aí, você está ansioso para testar um smartphone com Android Wear, ou para você esse mercado não tem futuro? Deixe sua opinião aqui nos comentários.

Fonte: Google+ do Wayne Piekarski.

relacionados


Comentários