Meio Bit » Baú » Mobile » Algoritmo do Yahoo encontra a rota mais bonita ao invés da mais rápida

Algoritmo do Yahoo encontra a rota mais bonita ao invés da mais rápida

Daniele Quercia e alguns colegas do Yahoo Labs de Barcelona desenvolveram um algoritmo que escolhe automaticamente a rota a seguir baseado na beleza da paisagem.

16/07/2014 às 18:00

Londres

O GPS foi a salvação da lavoura para quem precisa circular por cidades desconhecidas e/ou não tem senso de direção. Ele sempre mostra o caminho mais curto e alguns apps com colaboração de usuários até avisam onde há congestionamentos ou obras na pista.

Quando você está caminhando, no entanto, a situação pode ser outra, de repente você está explorando uma cidade que não conhece ainda e quer ver os lugares mais legais, as paisagens mais bonitas e afins.

O trabalho de Daniele Quercia e alguns colegas do Yahoo Labs de Barcelona veio para mudar isso. Eles desenvolveram um algoritmo que escolhe automaticamente a rota a seguir baseado na beleza da paisagem.

Segundo a equipe:

O objetivo é sugerir automaticamente rotas que não são apenas rápidas, mas também prazerosas de se ver.

Tudo começou com uma base de dados de imagens de várias partes do centro de Londres, obtidas no Google Street View e no Geograph. O passo seguinte foi obter opiniões sobre a beleza das mesmas no site UrbanGems.

Cada visitante do UrbanGems vê duas fotografias e escolhe a que acha mais bonita. Isso dá uma visão mais ampla do que as pessoas em geral consideram a melhor paisagem. Eles então usam esses dados no mapa, de acordo com o score de cada imagem.

Quando um usuário define uma rota, o algoritmo compara as rotas possíveis e define a que tem mais imagens com score mais alto.

Quercia e sua equipe afirmam que as rotas são em média apenas 12% mais longas que as mais curtas, o que as torna atraentes para pedestres.

Para confirmar se as rotas escolhidas pelo algoritmo são mesmo as mais bonitas, foram recrutadas 30 pessoas que moram em Londres e são familiarizadas com a área para percorrer os caminhos recomendados.

Esse foi só o começo do trabalho. Contar com a opinião de terceiros sobre cada localidade de uma cidade ocupa muito tempo, então o processo foi automatizado para usar fotos do Flickr e os dados e tags associados a elas.

Os fatores levados em conta como indicadores da beleza de um local, nesse caso, são o número de fotos e comentários associados com emoções positivas.

O teste com as fotos do Flickr foi feito em Boston, onde 54 pessoas percorreram os caminhos indicados. Eles consideraram o caminho escolhido pelo algoritmo o mais bonito, como já era de se esperar.

O próximo passo da equipe é criar um aplicativo e testá-lo em diferentes cidades da Europa e Estados Unidos, inicialmente.

Fonte: MIT

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários