Meio Bit » Baú » Indústria » Carros do Street View mapearam vazamentos de metano em cidades dos Estados Unidos

Carros do Street View mapearam vazamentos de metano em cidades dos Estados Unidos

Veículos do Google Street View mapearam vazamento de metano em três cidades dos EUA. Isso vai ajudar o Fundo de Defesa Ambiental do país a combater a poluição e evitar possíveis desastres, mesmo à curto prazo. Entenda:

16/07/2014 às 15:35

google-street-view-east-cambridge-adam-gerard-flickr

Já faz um tempo que os serviços de mapa do Google mudaram a forma como a gente vê o mundo, por diversos fatores, inclusive o literal.

Só que os carros da empresa fizeram mais que fotografar pessoas em situações embaraçosas, praias de nudismo e atropelar animais silvestres.

A empresa utilizou os veículos para dar uma ajuda ao Fundo de Defesa Ambiental, publicando mapas de vazamento de gás metano em cidades como Boston, Indianápolis e Staten Island (NY), nos Estados Unidos.

A metodologia consta de usar sensores que possam detectar a localização e a escala de um dos mais perigosos tipos de vazamentos depois da fralda descartável, passando pelos locais pelo menos duas vezes para ter certeza do tamanho do problema.

Os resultados podem ser animadores ou assustadores, depende de onde você mora ou de que lugar você pretende visitar. Os encanamentos de Boston e Staten Island são velhos e possuem vários pontos críticos. Já em Indianápolis a infra-estrutura é um pouco mais moderna, o que mantém a situação bem tranquila. Pelo menos, dentro do limite aceitável.

staten

indiana

boston

Sei que tem muita gente que critica o Google por um comportamento não muito correto em outras áreas de atuação, mas neste caso, os mapas vão ajudar a dar uma imagem mais precisa sobre a poluição que os vazamentos de metano causam no país.

Esses dados, inclusive, podem ter ajudado a apontar problemas críticos que passariam despercebidos sem o uso dos carros do Google.

Aliás, pra gente ter uma ideia da gravidade, o Fundo de Defesa Ambiental disse que os mapas já vão trazer benefícios à curto prazo, uma vez que eles podem atuar em cima dos vazamentos e evitar possíveis explosões, além de minimizar quaiquer tipos de desperdícios nestas áreas.

Fonte: EDF.

relacionados


Comentários