Meio Bit » Baú » Games » Homefront: The Revolution teria perdido seu diretor

Homefront: The Revolution teria perdido seu diretor

Especulações sobre o futuro da Crytek continuam preocupando, pois agora sabemos que até o diretor e o gerente de desenvolvimento do Homefront: The Revolution teriam deixado a empresa.

14/07/2014 às 8:30

Homefront-The-Revolution

No final do ano passado falamos aqui sobre os rumores de que a Crytek estaria enfrentando sérios problemas financeiros, informação que a empresa negou veementemente, mas conforme os dias passaram, mais detalhes vindos de supostos funcionários da desenvolvedora surgiram e eles não são nada bons.

Para começar, ficamos sabendo que devido a atrasos de salários, aqueles que trabalham no estúdio britânico da companhia entraram em greve, mas o que estava ruim teria se tornado ainda pior, já que muitos começaram a deixar a desenvolvedora.

Entre os nomes mais importantes dessa debandada estão Hasit Zala, que atuou como diretor do Warface e atualmente estava encarregado da criação do Homefront: The Revolution, promissor título da Deep Silver que a Crytek está (ou estava?) desenvolvendo.

Porém, outra perda que deverá ser muito sentida pela empresa é a de Ben Harris, gerente de desenvolvimento do FPS e que segundo seu perfil no LinkedIn, o título agora é uma experiência passada.

Enquanto isso, a alta cúpula da Crytek continua calada, fazendo com todas essas informações e declarações de funcionários sejam tratadas como rumores e há muitas pessoas que acreditam que na verdade a empresa está apenas tentando ganhar tempo para encontrar uma solução, embora tudo indique que uma abertura de falência seja iminente.

Porém, por mais triste que seja pensar que os atuais projetos da desenvolvedora poderão ser cancelados, me preocupa muito mais o que acontecerá com todos os estúdios que optaram por usar a CryEngine para criar seus jogos, pois quem garante que eles continuarão recebendo suporte após uma possível quebra dos alemães?

Fonte: Kotaku.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários