Meio Bit » Baú » Games » Bethesda diz que Doom terá que reconquistar seu espaço

Bethesda diz que Doom terá que reconquistar seu espaço

Vice-presidente de marketing da Bethesda demonstra uma humildade rara na indústria e diz que Doom 4 não será bom apenas por causa da história da franquia.

07/07/2014 às 10:00

doom

Daqui a alguns dias a id Software deverá aproveitar a QuakeCon para mostrar as primeiras imagens do Doom 4, mas embora a expectativa dos fãs esteja a todo vapor, o vice-presidente de marketing da Bethesda, Pete Hines disse que devemos ter calma, pois o novo jogo não pode ser considerado fantástico apenas por causa do legado da série.

Para ilustrar o seu ponto de vista, o executivo usou como exemplo o Wolfenstein: The New Order, jogo lançado recentemente e que conseguiu surpreender positivamente muitas pessoas.

Em relação ao Wolfenstein, os dois últimos jogos foram ‘ok’ ou ‘não muito bons’. Não é uma franquia que as pessoas estivessem desesperadas por uma continuação. O Wolfenstein não é um Uncharted. Sabíamos que isso exigiria algumas explicações, mas agora a Machine Games limpou a imagem da propriedade intelectual.

Vemos essa similaridade com o Wolfenstein, porque faz muito tempo desde que o último Doom foi lançado. Teremos que provar nossa capacidade novamente, não temos passe livre. Ninguém presumirá que este jogo será incrível. Teremos que provar que ele será algo divertido e diferente que você precisar prestar atenção. Não podemos pensar que, ‘Isto é Doom, é claro que você terá que jogar isso.’ Mas isso faz com que trabalhemos mais forte.

Mesmo não estando (ainda) no nível de um Duke Nukem Forever ou um Half-Life 3 quando se trata da produção, o Doom 4 também tem enfrentado muitas dificuldades ao longo dos anos, inclusive com a informação de que em 2013 o seu desenvolvimento foi reiniciado, tudo porque o título não estava apresentando a qualidade esperada pela Bethesda.

Também será interessante notar como o jogo ficará sem a participação de John Carmack, que deixou a id para trabalhar na criação do Oculus Rift, mas esteja Pete Hines preparando o terreno para um jogo de baixa qualidade ou simplesmente sendo humilde, acho que no fundo ele tem razão e é bom ver que os envolvidos na criação deste novo capítulo aparentemente sabem que apenas o nome não garantirá um bom jogo.

Fonte: OXM.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários