Meio Bit » Arquivos » Games » Desenvolvedora de Murdered: Soul Suspect fecha as portas

Desenvolvedora de Murdered: Soul Suspect fecha as portas

A Airtight Games, estúdio que desenvolveu Murdered: Soul Suspect e Quantum Conundrum não resiste e sucumbe devido baixas venda de seus títulos

03/07/2014 às 16:00

murdered-soul-suspect

A Airtight Games, estúdio responsável pelo recente Murdered: Soul Suspect, um thriller que parece uma mistura de L.A. Noire com Ghost: Do Outro Lado da Vida está encerando suas atividades. Diferente do game em que há um mistério a solucionar, pode-se dizer que o assassino é conhecido: as baixas vendas de seus títulos.

A Airtight não é um estúdio proeminente, ela fez um barulho considerável quando passou a contar com a designer de Portal Kim Swift, que desenvolveu Quantum Conundrum, um game que não era nada excepcional e lembrava o clássico da Valve em várias maneiras, principalmente pelas mecânicas de mover objetos com uma arma anti-gravitacional. O tempo passou, as demissões começaram, Swift foi embora e Murdered, distribuído pela Square-Enix não atraiu muita atenção nem do público nem da crítica.

Por isso o anúncio do fim do estúdio, veiculado inicialmente pelo Geekwire não surpreende. A foto abaixo mostra o estado atual do estúdio: ele estaria fechando as portas e seus equipamentos estariam à venda.

office

Não demorou muito e a conta da Airtight no Twitter meio que confirmou as informações, ao agradecer a todos que trabalharam nos seus títulos nos 10 anos de vida do estúdio, aos fãs, familiares e amigos. O que mais lamento nessa história é que Murdered era uma excelente ideia, assim como QC, que apesar de não muito original poderia ser expandida para tentar se desvencilhar da sombra de Portal. Entretanto o mercado de games é cruel como qualquer outro no mundo corporativo, e baixas vendas não sustentam um estúdio.

É uma pena, infelizmente.

Fonte: RPS.

relacionados


Comentários