Meio Bit » Baú » Games » Ex-desenvolvedores de The Last Guardian fundam novo estúdio

Ex-desenvolvedores de The Last Guardian fundam novo estúdio

Após trem trabalhado na criação do Battlefield e do Killzone, profissionais que estavam ajudando na criação do The Last Guardian formam o Friend & Foe Games, novo estúdio que já possui dois projetos em andamento.

23/06/2014 às 13:00

vane

Com o desenvolvimento do The Last Guardian levando alguns séculos e sem previsão para ser concluído, alguns profissionais que trabalharam em sua criação decidiram buscar novos ares e por isso fundaram um estúdio independente, o Friend & Foe Games (gostei do nome).

Com sua sede localizada em Tóquio, atualmente a equipe é formada por apenas cinco pessoas, sendo que Thomas Lilja ficará responsável pelo estúdio; Ivar Dahlberg atuará como contador e ilustrador; Rasmus Deguchi como artista de ambientes e diretor artístico; Rui "Mad Dog" Guerreiro será programador e artista e por fim, Victor Santaquiteria, que comandará o desenvolvimento de um dos dois jogos em desenvolvimento, o Dangerous Men. O outro se chamará Vane.

Embora esse objetivo não deva ser muito fácil de ser alcançado, o grupo espera fazer eles mesmos o financiamento e a publicação de seus jogos, e com alguns deles tendo participado da criação de títulos de grande porte como o Battlefield 3 e Killzone, imagino que tenham ideia das dificuldades que enfrentarão.

Por falar nisso, o site da desenvolvedora diz que eles também se cansaram de trabalhar para grandes corporações e por isso estão apostando em aproveitar todo o talento da equipe para criar jogos independentes que sempre quiseram.

Sobre os projetos em andamento, o Dangerous Men promete ser um jogo de arcade inspirado nos filmes policias dos anos 80, onde teremos que encarnar a dupla Dan e Don para tentar livrar a cidade de uma gangue. Parece interessante, mas me desanimou um pouco saber que a princípio ele só está previsto para chegar aos dispositivos iOS.

Já em relação ao Vane, este será um jogo de aventura situado num mundo aberto e onde o foco estará na exploração e na atmosfera criada para ele. Pelo o pouco que foi mostrado, o título me lembrou o Ico, o que é sempre muito bom e como ele será lançado primeiramente para PC, não tenho dúvidas de que chamou muito mais minha atenção.

Pela experiência que esses caras devem ter adquirido dentro do conceituado Team Ico, vejo com muito bons olhos essa iniciativa e torço para que estejamos vendo o nascimento de mais um bom estúdio independente.

Fonte: GamesIndustry.

Leia mais sobre: , , , , .

relacionados


Comentários