Meio Bit » Baú » Fotografia » Panasonic FZ1000 — lente luminosa e filmagem em 4K

Panasonic FZ1000 — lente luminosa e filmagem em 4K

A Panasonic mostra que não está para brincadeira e coloca no mercado uma ultrazoom com lente luminosa, sensor de 1 polegada e gravação de vídeo em 4K. Vai encarar?

16/06/2014 às 16:57

Eu pensei que o mundo das ultrazooms estava morto. Pelo menos para a imprensa especializada que não faz mais estardalhaço pelo lançamento deste tipo de equipamento. A briga por quem vai colocar o maior zoom em uma câmera não atrai mais ninguém. Claro que existe uma íntima ligação em aumentar a distância focal de uma lente e a perda de qualidade de imagem, por isso que não faço questão que este tipo de equipamento tenha muita visibilidade na mídia. Mas, de vez em quando aparece alguma coisa interessante neste segmento, principalmente quando agrega novas (e úteis) tecnologias e qualidade de imagem. Ou seja, todo mundo sai ganhando.

A Panasonic fez isso com o lançamento de sua nova Lumix DMC FZ-1000 e que nos mostra algumas coisas muito bacanas. Primeiro deixe-me falar do tamanho do sensor. Ela está equipada com um sensor CMOS com tamanho de 1 polegada (13,2 × 8,8 mm) e com 20 megapixels de resolução máxima, o que deve se materializar em uma melhor captura de imagem se comparada com outras câmeras ultrazoom que possuem sensor bem menor. O segundo ponto bacana é a lente, que podemos considerar bem luminosa. A FZ-1000 está equipada com uma lente Leica DC Vario-Elmarit com distância focal equivalente a uma 25-400mm e com abertura de diafragma máxima em f/2,8-4,0. Tudo bem que tem neguinho reclamando que poderia ser uma f/2,8 constante, mas já digo que f/4 em 400 mm é uma maravilha. Se ela não for uma câmera que gere muito ruído em ISO 800, vai ser tudo perfeito. O fato de a distância focal também não ser gigantesca vai ser um ponto a favor da qualidade de imagem. E por fim, mas não menos importante, a câmera está ligada nos recentes desenvolvimentos da tecnologia e traz para o consumidor a produção de vídeo em 4K (que já tinha aparecido em outros modelos da Panasonic). A FZ-1000 grava em resolução de 3840×2160 pixels com 30 fotogramas por segundo e com uma taxa de 100 MB/s. Com essa resolução é possível capturar um frame do vídeo e transformar em uma foto de 8 megapixels. Nada mal. Também é possível gravar um vídeo em Full HD tradicional (tecnologia antiga?) com 60 ou 24 fotogramas por segundo. Talvez uma boa pedida para produções amadoras e iniciantes.

Os penduricalhos tecnológicos presentes também são interessantes. A câmera possui conexão Wi-Fi (quem não tem atualmente?) e a conexão NFC que permite controlar sua câmera através de seu Smartphone. Além disso a câmera possui um grande número de controles com ajustes manuais e pode converter o RAW no próprio corpo da câmera e gerar um JPEG. Uma forte concorrente para a Sony RX10.

A nova Panasonic DMC-FZ1000 vai estar disponível em julho com preço médio de US$ 899,00.

panasonic_fz_1000

Fonte: Dpreview.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários