Meio Bit » Baú » Games » Sony estuda programa de acesso antecipado para suas plataformas

Sony estuda programa de acesso antecipado para suas plataformas

De acordo com executivo da Sony, empresa está estudando lançar programa semelhante ao Steam Early Access, onde os estúdios poderão vender seus jogos mesmo que eles ainda estejam em desenvolvimento.

12/06/2014 às 8:20

early-access

A Sony tem deixado bem claro nos últimos meses que os jogos independentes serão parte fundamental do ciclo de vida do PlayStation 4 e do Vita, e para conquistar mais estúdios, a fabricante tem cogitado adotar uma das iniciativas mais interessantes e controversas do Steam, que é o programa Early Access.

Nele os desenvolvedores podem colocar suas criações à venda enquanto elas ainda estiverem sendo feitas e quem revelou a possibilidade de algo assim aparecer nas plataformas da empresa japonesa foi Adam Boyes, vice-presidente de desenvolvimento e publicação da SCEA.

Esta é uma das massivas conversas que estamos tendo internamente. Estamos discutindo sobre alfas pagos neste momento, tentando descobrir o que seria ok e obviamente temos um checklist de requerimentos técnicos ao qual as pessoas terão que aderir…

De acordo com Boyes, uma das preocupações é garantir que os consumidores não sejam lesados e por isso eles estão tentando descobrir o ponto em que um jogo pode ser considerado em estado de ser lançado, além de minimizar a chance das pessoas acharem que estão jogando algo finalizado e se decepcionarem por isso.

Apesar de considerar o Steam Early Access uma ótima ideia, já que permitiu que o desenvolvimento de jogos como o Next Car Game, Rust e DayZ se beneficiassem das vendas, o programa também abriu espaço para aberrações como o Earth: Year 2066, o que justifica a preocupação por parte da Sony.

O meu medo é que estratégias como essas incentive o aumento da quantidade de lançamentos inacabados, jogos cheios de problemas e que podem levar anos para serem melhorados, se é que um dia serão, mas se considerarmos que a Sony já iniciou a pré-venda digital de títulos como o Uncharted 4 e The Order: 1886, que ainda nem possuem data para seus lançamentos, acho que a indústria está decidida a se aventurar por este caminho.

Fonte: Gamasutra.

relacionados


Comentários