Meio Bit » Baú » Fotografia » MeioBit (10 Anos) e a Fotografia

MeioBit (10 Anos) e a Fotografia

O MeioBit comemora 10 anos de existência e a Fotografia faz parte desta história. Veja um pouco de como tudo começou e alguns textos em destaque no canal.

10/06/2014 às 21:33

meio_bit_fotografia

Sei que esse texto deveria ter sido publicado na semana passada, mas antes tarde do que nunca. Minha história com o MeioBit foi bacana e um tanto traumática no começo. Os leitores que acompanham meus textos devem ter percebido que o mundo da tecnologia (que não seja a fotográfica) é um grande mistério para mim. Então foi um choque receber o convite para escrever justamente para um site de tecnologia. Bem, tudo aconteceu através do intermédio do Carlos Camargo, que na época era leitor e participava ativamente dos comentários do Blog. Ele indicou ao Leonardo Faoro que tinha um amigo que poderia escrever sobre fotografia digital no blog. Eu estava escrevendo sobre o tema em meu blog pessoal e com um relativo sucesso. Depois de um prévio contato, mandei alguns textos por e-mail que foram publicados pelo Cardoso (eu não tinha cadastro no blog). Sinceramente, não gostei da abordagem xiita de alguns comentários e deixei a ideia de lado. Algum tempo depois o Leonardo entrou em contato novamente e decidi aceitar a empreitada. A missão era escrever dois textos por semana e o objetivo era ensinar aos leitores os recursos de suas câmeras digitais (nem todo mundo tinha) e falar dos lançamentos da área.

Então, em 28 de dezembro de 2007, o texto O Mito dos Megapixels marcou minha estreia oficial no Blog. Adorei a recepção do texto (um tema muito bacana para escrever e que até hoje assusta meus alunos nas aulas de iniciação) e isso me deu gás para continuar escrevendo. Dois textos por semana era uma meta tranquila de se cumprir, ainda mais que a fotografia (falando especificamente de desenvolvimento tecnológico) não possui novidades todos os dias. Algum tempo depois, recebo um e-mail do Leonardo dizendo que precisava conversar comigo. Pensei na hora que seria demitido (é um pensamento bobo, pois até hoje me sinto um intruso no blog), mas para minha surpresa a proposta era de aumentar a quantidade de textos por semana. Agora eu era responsável por três textos semanais. Pouco menos de um ano depois, a proposta que veio da chefia foi mais ambiciosa. A ideia era criar um Canal de Fotografia, e eu seria o responsável. Caraca, meu coração gelou, pois teria a responsabilidade de criar conteúdo todos os dias. A minha grande preocupação era acabar como os blogs de fotografia que abundam pela internet. Notícias vazias e com a reprodução integral dos press releases das empresas.

Aceitei e, focando mais no conteúdo e opinião, no dia 15 de novembro de 2008 o canal MeioBit Fotografia entrava no ar com o texto Mercado Fotográfico: Para onde isso tudo está indo? Na verdade, esse primeiro texto foi produzido como uma encomenda para um suplemento de tecnologia da revista Superinteressante. Infelizmente ele ficou de fora, pois segundo o editor da revista, eu não consegui fazer um texto bem humorado, que seria o foco da publicação. Eu prefiro acreditar que não consegui chegar até o nível dos leitores da publicação. Ainda bem.

E já se foram 8 anos escrevendo para o MeioBit e que, apesar de ser uma empresa, eu sinto como se fosse minha também. Passamos por altos e baixos, mas a o pessoal que cuida dos textos e da gerência também ama isso aqui e vocês não vão se livrar de nós tão cedo. Atualmente o Canal conta com 1.934 textos (nem todos meus) e fazer uma lista dos textos que mais gosto seria como escolher entre os seus filhos, mas óbvio que tenho que dar destaque aos tutoriais e aos textos mais filosóficos (embora em alguns eu tenha literalmente viajado na maionese). Se fosse fazer uma pequena lista, para que você que está descobrindo a fotografia agora se aproveite do conhecimento que aqui foi produzido, eu colocaria em destaque os seguintes assuntos.

— O Mito dos Megapixels – Parte I e Parte II

Como Fotografar Flores

Montando um Estúdio Tabajara em sua Casa

Fotografia de Casamento: dicas para entrar no mercado

Fotografia de Casamento: dicas para não comprar gato por lebre

Fotografia, Memória e outros pensamentos

Book Fotográfico – como começar

Book Fotográfico com câmera compacta – uma epopeia

— Como se Tornar um Profissional em Fotografia – Parte I e Parte II

Portfólio – você ainda vai ter um

Como Fotografar Teatro

Bem, vou parar por aqui, ou vou citar mais uma pancada de textos. A experiência de fazer parte desta equipe foi enriquecedora e não trocaria a oportunidade de estar escrevendo aqui por nada. E que venham os próximos 10 anos.

relacionados


Comentários