Meio Bit » Arquivos » Indústria » Microsoft aposta no Kinect para o futuro do Windows Phone

Microsoft aposta no Kinect para o futuro do Windows Phone

A Microsoft planeja integrar funções semelhantes às do Kinect em algumas versões futuras do Windows Phone. Ao menos um aparelho, batizado de McLaren por enquanto, irá estrear em algumas operadoras americanas ainda esse ano.

10/06/2014 às 16:45

Windows Phone

A Microsoft planeja integrar funções semelhantes às do Kinect em algumas versões futuras do Windows Phone. Ao menos um aparelho, batizado de McLaren por enquanto, irá estrear em algumas operadoras americanas ainda esse ano. Nesse aparelho você pode aproximar e movimentar o dedo próximo à tela, sem tocá-la, para interagir com games e aplicativos.

A tecnologia é chamada de 3D Touch ou Real Motion pela Microsoft e vem sido desenvolvida pela Nokia já há alguns anos. O Nokia McLaren é visto como um sucessor do Lumia 1020, com uma câmera principal de respeito.

O aspecto exclusivo do McLaren será o número de sensores no aparelho para tornar possível o sistema de toque 3D. A Microsoft está entrando em contato com desenvolvedores para a criação de um novo sistema de aplicativos e games.

O 3D Touch será exclusivo de seus próprios aparelhos e não estará disponível em aparelhos de concorrentes como a Samsung e outros, ao menos inicialmente. Funções como responder chamadas apenas segurando o telefone na na orelha serão suportadas, além de ativar o viva-voz ao colocá-lo em uma mesa ou encerrar a ligação ao colocá-lo no bolso. Esses aparelhos contarão com uma serie de sensores para colocá-los no mudo quando cobertos pela mão ou contra o peito, ou dispensar um alerta ao abanar a mão em frente à tela.

O plano é também que o aparelho possa detectar a maneira como foi segurado, permitindo que um aparelho com 3D Touch bloqueie a tela em uma posição só quando você deita na cama. Os lados do aparelho também deverão ser utilizados para interação com o sistema operacional, permitindo com que o zoom da câmera seja controlado deslizando os dedos. Uma ideia central da Microsoft é eliminar botões, permitindo que o aparelho seja ligado segurando-o.

Resta saber se o McLaren terá diferenciais suficientes para competir com o futuro smartphone 3D da Amazon. O Windows Phone já provou que é um telefone de respeito e definitivamente merece um lugar no mercado dos top de linha.

Fonte: The Verge.

Leia mais sobre: , , , , .

relacionados


Comentários