Meio Bit » Arquivos » Hardware » Update: Tizen substitui o Android no primeiro Galaxy Gear

Update: Tizen substitui o Android no primeiro Galaxy Gear

Samsung começa a atualizar a primeira geração do Galaxy Gear, substituindo o sistema operacional Android pelo Tizen

30/05/2014 às 14:00

galaxy-gear

A Samsung decidiu que ao menos para seus smartwatches, o Tizen é um sistema operacional mais fácil de se lidar do que o Android. Tanto é que a segunda geração do Galaxy Gear trocou o robozinho do Google pelo seu sistema proprietário. Sobrou a primeira geração do relógio esperto com o sistema, mas isso não vai durar: o mais novo update vai trocar o SO por completo.

A decisão da Samsung em trocar o sistema se deve ao fato de que o Tizen consome menos bateria, o que é essencial quando se trata de um dispositivo mobile que você vai utilizar no pulso: carregá-lo on the road não é uma das coisas mais práticas do mundo, portanto cada miliampere economizado conta muito. A atualização para a versão 2.2.0 vai trocar todo o sistema do smartwatch, entretanto a interface não será alterada; portanto a mudança é mais referente aos bastidores do Galaxy Gear. Além da bateria a performance é melhor, o tempo de resposta do reloginho, o aplicativo de câmera e os comandos de voz fluem melhor com o Tizen do que com o Android.

Além disso, a atualização vai fornecer um player de música independente, que vai permitir ao usuário ouvir suas músicas diretamente pelo smartwatch como já ocorre na mais recente geração do acessório. Basicamente a única adição com a qual ele não contará é o monitor cardíaco, devido a falta do sensor.

Como o update ainda não está disponível via OTA você pode atualizar através do Kies, mas lembre-se de realizar um backup completo dos seus dados: como se trata de uma substituição de SO completa, todos os dados do Galaxy Gear serão apagados.

Fonte: TC.

relacionados


Comentários