Meio Bit » Baú » Games » Wolfenstein: The New Order é um sucesso (entre os piratas)

Wolfenstein: The New Order é um sucesso (entre os piratas)

Embora a pirataria tenha perdido um pouco de sua força nos últimos anos, site revela que o recém lançado Wolfenstein: The New Order já foi baixado mais de 100 mil vezes e um detalhe chama a atenção, o download ter mais de 43 GB.

29/05/2014 às 13:00

Wolfenstein-The-New-Order

Apesar de ter sido razoavelmente bem aceito pela mídia, ainda não sabemos ao certo como o Wolfenstein: The New Order se saiu nas lojas, mas uma coisa é certa, pelo menos entre aqueles que baixam cópias ilegais de jogos, a criação da MachineGames tem feito bastante sucesso.

Quem chamou a atenção para o caso foi o pessoal do site Torrentfreak, que afirma que o FPS já foi baixado mais de 100 mil vezes e tem um pequeno grande detalhe que torna o interesse pelo jogo ainda mais impressionante, que é o fato da cópia pirata ter mais de 43 GB.

Diante de um download tão grande, muitos usuários de sites como o Pirate Bay estão dizendo que não valerá o esforço e de acordo com algumas pessoas, o motivo para um arquivo tão grande estaria em textura descompactadas. Porém, há ainda os que especulam que a própria Bethesda, editora do jogo, teria o lançado cheio de arquivos desnecessários, apenas para desencorajar os pirateiros.

Como o pessoal do Torrentfreak mencionou, o mais curioso é ver o comportamento de muitos usuários, que afirmam ter abandonado o download por preferirem adquirir o jogo através do Steam, onde a velocidade do download seria muito maior.

Isso demonstra a urgência que algumas pessoas sentem em colocar as mãos em um jogo, pois logo que uma versão ilegal é disponibilizada, é difícil encontrarmos usuários a compartilhando, o que costuma aumentar bastante o tempo para concluirmos o download e em determinados casos, o sujeito prefere pagar por aquilo que de outra maneira obteria de graça.

Contudo, apesar de muitos terem desistido de encarar essa maratona, vale ressaltar que o Wolfenstein: The New Order ainda figurou no topo da lista de jogos mais baixados da última semana e acho que podemos usar três fatores para explicar essa demanda: o preço cheio de um lançamento, é claro; o jogo ter sido censurado em vários países e a falta de uma demo, fazendo com que muitos queiram ter certeza de que ele rodará bem em seus computadores.

E como o tamanho dos jogos tende a ficar cada vez maior, será que isso fará com que a pirataria perca força nos próximos anos?

relacionados


Comentários