Meio Bit » Baú » Games » Nintendo avisa: nós não estamos mortos!

Nintendo avisa: nós não estamos mortos!

Presidente da Nintendo diz que eles não se encontram num beco sem saída e que sempre estão desenvolvendo novos videogames, mas que não abandonarão aqueles que investiram no 3DS ou no Wii U.

15/05/2014 às 14:30

nintendo

Dizer que as coisas não estão indo muito bem para a Nintendo está se tornando repetitivo, mas com a recente revelação de que a empresa registrou um prejuízo de US$ 229 milhões no último ano fiscal, é inevitável não ficarmos ansiosos para saber o que acontecerá com a casa do Mario.

Como eu sempre digo, o tempo me ensinou a nunca duvidar da capacidade que a BigN tem para se reerguer, algo que por sinal está bem explicado neste excelente artigo de Blake J. Harris e para mostrar que eles não sucumbirão tão facilmente e assim tentar acalmar os acionistas, Satoru Iwata revelou em uma seção de perguntas e respostas alguns planos para o futuro.

A pergunta mais difícil para respondermos ao público em termos concretos é sobre quando lançaremos nosso novo hardware e que tipo de hardware iremos lançar, e temo que eu não possa falar sobre isso com mais detalhes. Contudo, posso lhes garantir que não estamos num beco sem saída em relação a estarmos sem ideias para desenvolver um novo hardware.

Um detalhe interessante é que o presidente afirmou que na verdade eles sempre estão trabalhando em novos aparelhos e concluiu sua declaração com algo que merece ser levado em consideração, pois para ele, o lançamento de um novo videogame só mostra resultado a partir do momento em que os consumidores se sentem satisfeitos e que por isso continuarão trabalhando para que aqueles que investiram em suas plataformas sejam atendidos.

Sendo assim, fica claro que a Nintendo não possui a menor intenção de matar o Wii U, e muito menos o 3DS tão cedo, mesmo com o executivo admitindo que já possuem uma clara ideia de como será seu próximo console, o que por sua vez mostra que a empresa ainda acredita no futuro dessas plataformas.

wii-u

É claro que um alto executivo nunca admitiria publicamente a possibilidade da Nintendo seguir os passos da Sega, mas temos que considerar que este é o terceiro ano seguido em que eles registram prejuízo e para aqueles que adquiriram um Wii U ou um 3DS, essa “teimosia” por parte dos japoneses pode ser benéfica, pois indica que pelo menos por parte da fabricante essas pessoas continuarão recebendo jogos.

Esse também foi um aspecto mencionado por Iwata, que garantiu que Shigeru Miyamoto e sua equipe estão comprometidos em entregar jogos que só poderiam ser aproveitados com o controle do Wii U e como boa parte dessas criações deverão ser mostradas na E3, a expectativa é de que esse cenário negativo comece a mudar já nas próximas semanas. Porém, mesmo que isso não aconteça, fica a minha dica: nunca duvide da capacidade da Nintendo!

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários