Meio Bit » Baú » Áudio e vídeo » Mesmo com o PS4, Sony fecha o ano fiscal de 2013 com prejuízo recorde

Mesmo com o PS4, Sony fecha o ano fiscal de 2013 com prejuízo recorde

Sony fecha o ano fiscal de 2013 com prejuízo de US$ 1,25 bilhão, o triplo do ano anterior; boas vendas do PS4 não conseguiram melhorar a situação da empresa

14/05/2014 às 16:01

ps4

Ainda que as vendas do PS4 estejam dando um caldo no Xbox One, o suficiente para a Microsoft tomar uma decisão drástica, é bom lembrar que a situação da Sony definitivamente não está nada boa. Nos últimos tempos ela vem tentando enxugar suas finanças a todo custo, tendo inclusive cortado fora a divisão Vaio. Agora a empresa divulgou os resultados do último ano fiscal, e como era de se esperar os números não são nada animadores.

O documento divulgado revela que no ano fiscal encerrado em 31 de março, a divisão de games da Sony teve um renda total de 9,5 bilhões de dólares, um aumento de 38,5% em relação a 2012 graças aos excelentes números alcançados pelo PS4. Entretanto o setor teve perdas totais de US$ 78 milhões, o que não é de se estranhar considerando o alto investimento em marketing e desenvolvimento do novo console. A Sony também atribui parte da culpa ao fechamento de diversos games da Sony Online Entertainment, como os MMOs Star Wars: Clone Wars Adventures e Wizardry Online.

No geral os números da Sony são péssimos. O setor de dispositivos, incluindo PC e mobile fechou com perdas de US$ 729 milhões, que surpreendentemente é um número melhor do que o ano anterior (prejuízo de US$ 954 milhões); a leve recuperação se deve ao fato de um aumento nas vendas de seus dispositivos mobile, mas a venda da divisão Vaio manteve os números lá embaixo. A divisão de entretenimento doméstico e som fechou com prejuízo de 248 milhões, também melhor do que em 2012 (- US$ 828 milhões).

No fim das contas, a Sony fechou o ano de 2013 com um prejuízo recorde de US$ 1,25 bilhão, três vezes mais do que no ano anterior (US$ – 405,9 milhões) mas longe do resultado de 2011, com perdas astronômicas de US$ 4,47 bilhões. AS vendas de consoles, que vem segurando a empresa tem caído cm o tempo: o PS4 e o PS3 combinados venderam 14,6 milhões de unidades, contra 16,5 milhões do PS3 e PS2 do ano anterior. Já os portáteis (PSP, PS Vita e PS Vita TV) venderam 4,1 milhões, contra 7 milhões em 2012. A previsão é que os números dos portáteis caiam ainda mais, em torno de 3,5 milhões enquanto os consoles sofram uma melhora, atingindo 17 milhões de unidade vendidas graças ao PS4.

Ainda que os números não sejam bons, a divisão de games está indo bem em comparação ao resto da Sony. O problema é que ela não conseguirá segurar a companhia por muito tempo, e ela vem apertando o cinto de todas as maneiras possíveis. Proporcionalmente a situação da Sony é similar à da Nintendo, já que a companhia de Satoru Iwata só precisa se preocupar com videogames, enquanto a Sony atua em diversos setores. De qualquer forma, ambas precisarão se mexer para não continuar tendo prejuízo.

Fonte: GI.

relacionados


Comentários