Meio Bit » Baú » Mobile » Cider: estudantes criam plataforma que executa apps do iOS no Android

Cider: estudantes criam plataforma que executa apps do iOS no Android

Vai uma sidra aí? Doutorandos da Universidade de Columbia criam plataforma capaz de enganar apps de iOS, de forma que eles rodem em dispositivos Android

14/05/2014 às 11:00

sidra-cereser

Uma coisa que ainda deixa donos de dispositivos Android fulos em relação ao iOS ainda é a grande game de apps específicos que os iGadgets detém. Claro que o cenário não é mais como há alguns anos, onde os desenvolvedores fugiam da pirataria desenfreada de APKs do robozinho em prol de manter seus lucros, pois o florescer do freemium mudou esse panorama. Ainda assim existem apps e games que só estão disponíveis para iGadgets.

Uma turma de seis doutorandos da Universidade de Columbia também não gosta disso, e desenvolveu uma plataforma que engana os apps do iOS para que eles rodem am Androids. O nome é até bem adequado: Cider.

O Cider é na verdade uma camada compatibilidade, capaz de rodar os apps do iOS no kernel XNU da própria Apple, ao invés de utilizar o kernel do robozinho. Com isso as aplicações não precisam ser adaptadas para os dispositivos Android. O Cider utiliza adaptação de compilação de código em tempo real, o que significa que ele copia as bibliotecas e frameworks necessários para enganar o app, fazendo-o acreditar que está rodando em um dispositivo da Apple.

cider-architecture

Claro, como trata-se de um experimento os apps ainda não são executados perfeitamente: os apps rodam com lag e não conseguem se comunicar com recursos de hardware como GPS, Bluetooth, câmera, rede celular e etc. O Yelp demonstrado no vídeo funciona, mas ele não consegue localizar por si só a localização do usuário.

O mais interessante é que o Cider não suprime o funcionamento normal do Android: ele é executado como uma aplicação normal, portanto é possível rodar apps das duas plataformas de forma simultânea. A equipe de estudantes diz que pretendem continuar investindo na plataforma e aperfeiçoá-la, isso se alguém de Cupertino não os mandarem parar com o que estão fazendo. De qualquer forma do ponto de vista true hacker, o "ver se pode ser feito" o projeto é muito legal.

Fonte: TNW.

Leia mais sobre: , , , , .

relacionados


Comentários