Meio Bit » Baú » Games » O suporte da EA e a maldita limitação de ativações

O suporte da EA e a maldita limitação de ativações

Após ser surpreendido com a mensagem de que meu jogo não poderia ser instalado por ter excedido o limite de ativações, suporte da EA foi extremamente prestativo para resolver meu problema, mas...

29/04/2014 às 14:30

shift-2

Na semana passada, após assistir este impressionante trailer do Project CARS, eu cogitei investir já na compra do jogo que só deverá ser lançado em novembro. Então, lembrei que não havia dado a devida atenção ao título anterior da Slightly Mad Studios, o Shift 2: Unleashed e decidi que o mais sensato seria aproveitar o que já tinha.

Após realizar o download do jogo no Steam, tratei de iniciá-lo e para minha surpresa, fui interrompido por um aviso dizendo que eu havia atingido o limite de ativações para aquele serial e naquele momento apenas uma coisa passou pela minha cabeça: lá vamos nós iniciar uma tremenda guerra com o suporte da EA.

Corri para o site da editora e após não encontrar uma solução nas perguntas frequentes, vi que não teria opção, precisaria conversar com um atendente. Como a empresa me dava a opção de receber suporte por email ou chat, imaginei que “ao vivo” seria muito mais rápido e abri um chamado. Após longos 25 minutos de espera, entrei na conversa e sabe-se lá por qual motivo, a pessoa do outro lado não me respondia. Como estava saindo, fechei a janela e deixei para tentar de volta no outro dia.

Nesta segunda investida eu também não obtive sucesso, pois precisei sair antes de ser atendido, mas qual foi minha surpresa ao constatar, algumas horas depois, que minha caixa de emails tinha uma mensagem do suporte da EA, onde o atendente queria saber o motivo por ter entrado em contato com eles, já que não esperei a chegada da minha vez no chat.

Para resumir a história, troquei algumas mensagens com aquela pessoa, que se mostrou extremamente prestativa e depois de várias tentativas frustradas de aumentar o meu limite de ativações do jogo (são apenas cinco, no total), a empresa resolveu me dar um serial novo, permitindo assim que eu pudesse jogar normalmente. Porém, isso resolveu o problema apenas parcialmente.

ea-drm

Acontece que como obtive o jogo através do Steam, essa nova chave vale apenas para o Origin, ou seja, no serviço de distribuição da Valve eu continuo impossibilitado de jogar, por mais ridículo que isso possa parecer. Para piorar, ao dizer isso para o atendente, ele recomendou que eu entrasse em contato com o suporte da loja, o que é absurdo por dois motivos: o primeiro é que essa trava é imposta pela EA, estando diretamente ligada ao serial e o segundo é que no Steam eu só encontrei opções de deixar uma mensagem no fórum ou... ser direcionado para o suporte da Electronic Arts.

Quer dizer, o típico jogo de empurra e por mais que no fundo seja até melhor aproveitar o Shift 2 pelo Origin, onde ao menos eu terei meu save armazenado na nuvem, é muita falta de respeito com o consumidor não permitir que ele possa jogar onde bem entender.

Aliás, falta de respeito mesmo é uma empresa limitar o número de vezes que podemos instalar um jogo por qual pagamos, sendo que neste caso eu não estou tentando jogar em diversas máquinas diferentes, mas sim num mesmo computador velho de guerra, com tais ativações tendo sido gastas apenas porque formatei o PC.

Enfim, o que tirei de toda essa história é que, ao contrário do que muitos defendem, o suporte da EA sempre me atendeu bem, mesmo que dessa vez tenha sido apenas parcialmente, mas o que incomoda é a falta de visão de alguns executivos, que poderiam - e deveriam - eliminar esse problema da ativação de maneira bem simples, apenas lançando uma atualização que acabasse de uma vez por todas com este câncer que atormenta vários de seus jogos.

Leia mais sobre: , , , , , , .

relacionados


Comentários