Meio Bit » Baú » Games » Para Obsidian, Valve foi a responsável por salvar o PC

Para Obsidian, Valve foi a responsável por salvar o PC

Game Brian Fargo, o criador do Wasteland 2, a Valve deve ser elogiada por ter tirado o PC da idade das trevas e se considerarmos todo o sucesso que o Steam tem feito nos últimos anos, como discordar do game designer?

29/04/2014 às 13:00

steam

Durante muito tempo ouvimos pessoas defendendo a ideia de que, para games, o PC estava morto. Essas afirmações sempre foram tratadas com um certo tom de descaso, consideradas por muitos como algo absurdo, mas para Brian Fargo, game designer responsável pelo Wasteland 2, uma empresa merece elogios por ter evitado que isso acontecesse, a Valve.

Pelo o que sei, eles são os salvadores do PC. Eles tem sido fantásticos. Você pensa em onde todos nós estávamos na época, algo como a idade das trevas, onde não existia nada. Não existia distribuição digital. Eles abriram caminho para alcançarmos diretamente a audiência de uma forma não politizada ou nos forçando a sermos exclusivos ou todas as outras coisas que os caras dos consoles fazem, colocando todos os tipos de armas em nossas cabeças

O comentário do fundador da Interplay Entertainment e da InXile Entertainment refere-se especificamente ao Steam, serviço de distribuição da Valve nascido em 2002 e que hoje conta com mais de 2.000 títulos e 40 milhões de usuários, fazendo com que muitas empresas enxergassem ali, e consequentemente nos PCs, uma excelente oportunidade de negócios.

Além da distribuição digital, o Steam tem ganhado a admiração de muitos desenvolvedores por oferecer recursos que podem tornar viável a produção de um jogo, como por exemplo o programa Early Access, onde um título pode ser adquirido pelos jogadores antes mesmo de sua produção ser concluída.

Para Fargo, é natural que a iniciativa seja utilizada de forma desleal por alguns estúdios, mas aos poucos os próprios consumidores tratarão de eliminar esses profissionais e a ansiedade das pessoas por consumir novos conteúdos deverá fazer com que sistemas como estes continuem existindo

Esteja o game designer correto ou não, o fato é que o Steam realmente deu uma enorme contribuição para a indústria, inclusive influenciando a maneira como as fabricantes de consoles tratam os jogadores e os estúdios e mesmo que a Valve estivesse apenas no local certo e na hora certa, não há como tirar os seus méritos por ter tornado os games muito mais acessíveis do que há 10 ou 15 anos.

Fonte: Eurogamer.

relacionados


Comentários