Meio Bit » Baú » Fotografia » Artworks perdidos de Andy Warhol encontrados em disquetes de Amiga

Artworks perdidos de Andy Warhol encontrados em disquetes de Amiga

Equipe vasculha antigos disquetes do Amiga 1000 e encontra uma dúzia de imagens esquecidas em disquetes, compostas pelo artista plástico Andy Warhol

25/04/2014 às 9:30

andy-amiga-andy2-001

AndyWarhol era um artista maluco, excêntrico e por causa disso inovador. Ele foi o principal expoente da pop art, a quebra da convenção entre a fina arte ao absorver elementos da cultura popular, desde o culto à celebridade a propagandas. Claro, como todo maluco ele não se pautava pelo convencional, de outra forma não teria enviado o desenho de uma piroca para a Lua.

Durante a primeira metade dos anos 80 ele foi garoto-propaganda da Commodore, uma das muitas fabricantes de computadores que se destacavam na primeira guerra da computação pessoal e que batia de frente com o Macintosh quando o assunto era manipulação gráfica. Ter um artista tão conceituado como Warhol promovendo seu produto é algo que a Apple perdeu, mesmo com Steve Jobs tendo se esforçado para cooptá-lo (essa passagem está descrita na biografia escrita por Walter Isaacson). No fim, em 1985 ele fechou um contrato para promover o Amiga 1000 tendo como modelo a lindíssima Debbie Harry, vocalista da banda punk/new wave Blondie (na época já com 40 anos. E sim, mesmo hoje ela continua bonita).

andy-debbie-amiga-1000-thumb

Clica que amplia

Aqui tem um vídeo da época:

https://www.youtube.com/watch?v=-wXIckkOrDg

Agora, 27 anos depois de sua morte o Carnegie Mellon Computer Club, um grupo composto por artistas, profissionais de computação e outros conseguiram recuperar três artworks perdidos de Warhol, que haviam sido esquecidos em disquetes do Amiga 1000 utilizando hardware que foi meticulosamente conservado pelo Warhol Museum, praticamente imaculados e portanto, completamente funcionais. Foram descobertas uma dúzia de imagens de Warhol, uma dela parcialmente recuperada e mais duas não assinadas mas com seu estilo característico, embora só tenham sido divulgadas três: o auto-retrato que abre o post e reproduções de duas de suas obras, a icônica lata de sopa da Campbell's e a Vênus de Botticelli.

andy-amiga-campbells-001

andy-amiga-venus-001

Neste PDF está descrito todo o processo empregado para recuperar as imagens. Um documentário sobre a empreitada será exibido no Carnegie Library Lecture Hall em Pittsburg, no dia 10 de maio.

Fonte: Ars Technica.

relacionados


Comentários