Meio Bit » Baú » Internet » Google permite que usuários "voltem no tempo" com o Street View

Google permite que usuários "voltem no tempo" com o Street View

Novidade adicionada ao Google Street View permitirá que os usuários vejam, através de uma “timeline”, o histórico de imagens captadas de determinados locais.

23/04/2014 às 12:16

google_street_view_time_machine

É muito provável que vocês já tenham lido, em algum outro texto meu aqui no MeioBit, a fascinação que tenho pelo Google Street View. Acho simplesmente fantástico poder conhecer lugares por todo o mundo, conhecendo as ruas como e eu lá estivesse. E, como todos sabem, assim como ocorre com as imagens de satélite do Earth, o Street View também tem a sua biblioteca de imagens atualizada periodicamente. Nem sempre com a velocidade que gostaríamos, mas são atualizadas. Nesta quarta-feira, a gigante das buscas anunciou uma novidade muito interessante ao Street View.

A partir de agora, os usuários poderão utilizar uma “máquina do tempo” para terem acesso às imagens antigas captadas pelo Google Street View. Disponível, inicialmente, para alguns lugares selecionados pela empresa, o novo recurso permitirá que os usuários percorram, através de uma linha do tempo, todas as imagens anteriores captadas pelas câmeras. No Brasil, por exemplo, os usuários poderão ver um “antes e depois” da construção do Castelão, em Fortaleza, ou da Freedom Tower, em Nova York.

Uma opção semelhante já havia sido disponibilizada pelo Google em setembro do ano passado, quando a empresa atualizou as imagens do Street View que mostravam a devastação causada pelo terremoto seguido de tsunami que devastou a costa nordeste do Japão. Confesso que, apesar de eu ter acessado todos os locais indicados pelo Google, a nova “timeline” não foi exibida para mim e, consequentemente, não consegui testar o recurso. Espero que apareça em breve.

Gostei muito da novidade e espero que o Google a adicione em mais endereços, principalmente no Brasil. Assim, teremos um catálogo sempre atualizado que ajudará a contar a história da evolução (ou não) das nossas cidades.

relacionados


Comentários