Meio Bit » Baú » Games » Fundador da Oddworld diz que todos estão fugindo das grandes produções

Fundador da Oddworld diz que todos estão fugindo das grandes produções

De acordo com Lorne Lanning, fundador da Oddworld Inhabitants, os game designers que trabalham com a criação de jogos de grande porte estão fazendo o possível para deixar essas produções, preferindo se dedicar aos indies.

23/04/2014 às 14:30

Oddworld

PlayStation 4 x Xbox One? Consoles x PC? Android x iOS? Ok, todos esses embates tem sido bastante discutidos entre os usuários ultimamente, mas um duelo que tem dado o que falar, ao menos entre alguns figurões da indústria, são as produções de grande e pequeno porte.

Com jogos criados por pequenos estúdios lucrando verdadeiras fortunas, alguns game designers tem defendido a ideia de que os arrasa-quarteirões irão desaparecer e um que pelo jeito acredita nisso é Lorne Lanning, fundador da Oddworld Inhabitants.

Todos os desenvolvedores de games que conheço e que ainda estão criando produtos de grande porte estão tentando encontrar uma maneira de largar isso. As ofertas estão se tornando cada vez piores, apesar da expectativa de dinheiro estar se tornando cada vez maior.

O trabalho tem se tornado mais caro e a recompensa se tornando menor. Então, é por isso que decidimos parar de jogar por um tempo até que pudéssemos começar a distribuir nossos jogos digitalmente, ver se conseguiríamos construir nosso próprio negócio. Está funcionando, está financiado novos conteúdos.

Além disso, o executivo afirmou que trabalhar com desenvolvedores independentes possui algumas vantagens, como a dedicação que eles costumam ter à qualidade e claro, a falta de obrigação de responder a acionista, o que invariavelmente resulta no lançamento de títulos inacabados.

Estaria então Lorne Lanning apenas bancando o papel de profeta do apocalipse? Talvez, mas mesmo entre os jogadores tem se tornado comum vermos a defesa dos indies, sob o argumento de que as grandes empresas estão preocupadas apenas em lucrar com franquias estabelecidas e deixando de lado a inovação.

Em partes concordo com essa linha de raciocínio, mas isso não significa que eu acredite que em breve deixaremos de ver o lançamento de um God of War ou Battlefield, tendo como opções apenas um Minecraft ou um Limbo. Porém, como ignorar essa tendência, sendo que tantos game designer estão deixando seus empregos para fundar pequenos estúdios?

Fonte: GamesIndustry.

relacionados


Comentários