Meio Bit » Baú » Games » Estúdio quer financiar produção de remake do Outcast

Estúdio quer financiar produção de remake do Outcast

Lembra do Outcast? Aquele jogo lançado em 1999 que nos colocava num enorme mundo aberto em 3D e que não precisava de uma super placa de vídeo para funcionar? Pois saiba que uma campanha no Kickstarter está tentando financiar a criação de um remake para ele.

08/04/2014 às 10:00

outcast

Embora já tenham se passado quase 15 anos desde então, eu ainda lembro um pouco do lançamento do Outcast. Na época o jogo causou um grande reboliço na indústria, tudo por causa dos seus gráficos excepcionais, da sua inteligência artificial acima da média e da liberdade oferecida pela criação do pessoal da Appeal.

Nos meses que se seguiram, era fácil encontrarmos revistas especializadas empolgadas com a tecnologia utilizada no jogo, que praticamente ignorava a placa de vídeo do computador e exigia bastante do processador, fazendo com que muitos apostassem que aquele jogo seria amplamente copiado pela indústria, o que nunca aconteceu.

Na verdade, nem a continuação prevista para aparecer no PlayStation 2 foi lançada e só agora surge a possibilidade daquele clássico voltar através de um remake, mas para que isso aconteça, os envolvidos no projeto precisam conseguir pelo menos US$ 600 mil através de uma campanha no Kickstarter.

Proposta pela Fresh3D Inc, um estúdio formado por diversas pessoas que participaram da criação do original, a ideia com esta nova versão é refazer todos os aspectos do jogo, desde os objetos até os ambientes, passando pelas texturas e personagens, mas também dando uma atenção à animação e aos muitos bugs contidos no enredo.

Caso o valor arrecadado seja muito maior que o desejado, existem algumas metas que poderão tornar o Outcast Reboot HD, bem mais interessante, como suporte a DirectX11 e a óculos de realidade virtual, versões para Mac, Linux e consoles da nova geração ou até um um novo mundo a ser explorado, o que seria fantástico.

Confesso que não sei o que pensar sobre este remake. Apesar de ter me divertido muito com o original, tenho a sensação de que sua jogabilidade não deve ter envelhecido muito bem e por isso acho que eles teriam que fazer muitas alterações em sua estrutura para deixar o jogo divertido atualmente.

Enquanto a nova versão não aparece, o que pode nunca acontecer, a melhor opção é encarar o original, que foi adaptado para as máquinas mais modernas e pode ser adquirido através do GOG. Já eu, acho que prefiro mantê-lo apenas na memória.

Leia mais sobre: , .

relacionados


Comentários