Meio Bit » Baú » Mobile » Cortana: o Google Now do Windows Phone, só que melhor!

Cortana: o Google Now do Windows Phone, só que melhor!

Microsoft apresenta a Cortana, sua assistente pessoal do Windows Phone. Inteligência artificial traz sim diversos recursos do Google Now, mas com melhorias muito, mas muito interessantes, confira:

02/04/2014 às 16:20

cortana670

Hoje a Microsoft apresentou seu serviço de assistência pessoal da futura versão do Windows Phone. Trata-se de um software que reconhece comandos de voz e ajuda o usuário com diversos recursos personalizáveis.

Para delírio de muitos fãs de Halo, sim, o computador por trás desta inteligência artificial será a Cortana.

Para quem não está familiarizado com a moça, trata-se de um personagem fictício, presente nos jogos Halo: Combat Evolved e suas sequências Halo 2, Halo 3 e Halo 4.

Quem dá a voz à Cortana é a atriz Jen Taylor, que já participou também de Left 4 Dead e interpretou os diálogos da Princesa Peach, Toad e a Toadette em vários jogos do Mario, além de papéis de Puck, Lina, Windranger e Medusa em Dota 2.

Joe Belfiore, Vice Presidente do departamento responsável pelo Windows Phone, fez uma palestra hoje mostrando do que a Cortana será capaz. E, em curtas palavras, podemos dizer que a Cortana será o Google Now do Windows Phone, só que melhor!

PS: vi muita gente noticiando que a Cortana seria a Siri-like da Microsoft, mas a assistente do iOS tem que comer muito feijão com arroz pra fazer o que a Cortana faz.

Bem, voltando: sim, a Microsoft copiou diversas funções presentes no assistente do Google. E antes que você comece a espernear, saiba que copiar algo que funciona e levar para sua plataforma não tem nada de ruim. Ao menos, não pra gente, que é consumidor final do serviço.

Se algo funciona bem em um smartphone com um sistema diferente do que você usa, porque achar ruim quando estes recursos passam a estar disponíveis pra você também?

No meu modo de ver as coisas, isso é motivo de festa. Ainda mais falando da Cortana, como ela foi apresentada. Isso porque ela faz o que o Google Now faz, só que traz umas coisinhas novas que são bem interessantes.

De igual, podemos citar o agendamento de compromissos, com aviso de concorrência entre datas e horários, além de efetuar ligações, ler e escrever mensagens de texto, lembretes com geo-localização (como te avisar de tirar a carne do congelador quando chegar em casa).

cortana_apresentacao06_Calendar

cortana_apresentacao07_Calendar01

cortana_apresentacao01

cortana_apresentacao03_Reminders

cortana_apresentacao05_FlightsTracker

Ou pesquisas online, consulta de placares de eventos esportivos, monitoramento de seus vôos e passagens aéreas, preços e variação do mercado de ações, pesquisas de restaurantes ou ponto de interesse nas redondezas e muito mais.

Só que a Microsoft melhorou a brincadeira. Por exemplo, o reconhecimento de voz também está disponível para interagir com aplicativos de terceiros. É possível, com um comando simples, verificar o que está acontecendo com tal pessoa no Facebook e ler sua timeline diretamente, ou os assuntos mais populares, ou adicionar um eventual show à sua lista de reprodução do Hulu.

cortana_apresentacao02_3rdPartyApps

Sabe quando você tá no meio de uma conversa e seu amigo te apresenta uma série muito legal? Então, dá pra adicionar ao seu aplicativo na hora.

Mais uma função legal que a Cortana será capaz de fazer é o que está sendo chamado de Person Reminder. Trata-se de lembretes que estão vinculados à eventuais interações com pessoas do seu círculo de amizade. Por exemplo, lembrar de perguntar pra sua irmã sobre o cachorrinho que ela comprou:

cortana_apresentacao04_PersonReminders

Não ficou bem claro se você pode criar o reminder com dois parâmetros: Pessoa/Data. Se isso for possível, pode ajudar a nós, esquecidos, a lembrarmos de datas especiais, como namoro, aniversário de casamento e coisas assim. Não, ter o lembrete do Google Calendar pode não ser suficiente. E esse recurso é exclusivo do Windows Phone.

Uma coisa que Belfiore fez questão de frisar várias vezes é que a Cortana "Conhece a Internet Toda!". E ele afirma isso porque esta Inteligência Artificial está conectada ao Bing. Tire suas conclusões sobre isso.

Mas, um fator que ficou muito bacana é a forma como os resultados das buscas são apresentados. Visualmente mesmo. Por exemplo, essa pesquisa por quantas calorias tem uma banana:

banana2

Tudo bem que este fundo preto tá meio estranho, mas a formatação dos dados apresentados está muito boa. Ao contrário do resultado provido pelo Now, que é um pacotão de texto concatenado.

O Google pode - e deve - melhorar isso. E tá fácil, se deixar como são os cards do próprio Google Now, já tá de muito bom tamanho.

[UPDATE] Um de nossos leitores testou o Google Now há alguns minutos e notou que a formatação da resposta sobre a caloria das bananas mudou. Testei aqui e de fato eles corrigiram como os dados são mostrados, veja:

Screenshot_2014-04-02-18-01-52_1

Note que o primeiro link do resultado é o mesmo da imagem acima, o que mostra que eles só mudaram a formatação.

Todavia, ainda assim a Cortana possui alguns probleminhas no reconhecimento dos comandos. Belfiore conseguiu conduzir bem a apresentação mesmo nestes momentos, lembrando que se trata de uma versão beta, mas quando ele tentou fazer conversão de temperaturas a IA não deu o resultado esperado. E ele tentou duas vezes.

cortana_apresentacao08_CelciusKelvin

Depois disso, o problema foi algo que vez ou outra também acontece com o Google Now, que é trocar pequenas palavras, por outras muito parecidas, só que semanticamente a frase passa a fazer outro sentido, provendo, evidentemente, outro resultado. Como no caso em que a pergunta "How did seattle mariners yesterday" ("Como o time Seattle Mariners foi no jogo de ontem") se tornou "How to seattle mariners yesterday", que não tem uma tradução correta, mas literalmente seria algo como "Como fazer um Marine de Seattle Ontem", ou algo confuso assim.

Mas quando o apresentador repetiu a questão, a Cortana trouxe o placar do jogo numa boa.

cortana_apresentacao10_Email

Mais um fator bacana: você pode fazer buscas dentro do aparelho e não somente na Internet. Então, ao digitar "email from Meio Bit", a assistente te retorna sim um possível endereço de email do nosso site, mas lista os emails que por ventura você tenha recebido deste remetente.

A personalização da ferramenta foi o recurso que mais me chamou a atenção. Tanto no assistente do Google quanto da Microsoft, a inteligência artificial vai aprendendo o que o usuário considera mais interessante, mais pertinente ao seu dia a dia. E isso vai sendo salvo em algum lugar, para futura consulta da aplicação, de modo que ela possa fornecer a melhor informação possível.

Só que no caso do Windows Phone, será possível acessar, consultar e alterar essa biblioteca manualmente, podendo-se, inclusive, adicionar lugares interessantes na lista pessoal do mapa, como restaurantes comumente visitados, sem que seja preciso visitar ou consultá-lo antes.

Ou remover algum ponto do qual o atendimento ficou ruim, ou trocar a rota manualmente por qualquer motivo pessoal que seja, ou avisar ou não sobre determinada data ou feriado. O importante aqui é a possibilidade de personalizar manualmente o catálogo utilizado pela assistente. Isso não existe no Google Now. Não com este nível de personalização e usabilidade.

E se você resolver dar uma de espertinho e tentar descobrir como será o roteiro do novo Halo:

cortana_apresentacao09_Halo

O que você esperava? É a Cortana no fim das contas, certo? 🙂

Segundo o chefe do projeto, a previsão é que a ferramenta esteja disponível para os usuários "daqui a alguns meses", o que não significa nada, no final das contas.

Outra coisa: a Cortana estará disponível primeiro nos EUA. Depois do período inicial de testes e correções, ela será liberada no Reino Unido, posteriormente, na China e só então no resto do mundo.

Ah, pra fechar o pacote inspirado no Android, o Windows Phone vai receber também um novo teclado, que além de prever as palavras que a pessoa está digitando, armazenar palavras pessoais e maneirismos, dialetos frases comumente digitadas, como já acontece atualmente, passará a entender palavras digitadas na base do gesto, do famoso swipe.

Sim, se você conhece o SwiftKey, é exatamente isso. E, mais uma vez, sem mimimi porque a Microsoft está copiando tecnologia presente em outros aparelhos, pois isso vai facilitar sua vida.

cortana_apresentacao11_Keyboard

Pra falar a verdade, eu fiquei muito interessado em adquirir esta versão do Windows Phone. Eu já andava namorando um Lumia, principalmente por causa da câmera, então quem sabe esse não tenha sido o incentivo final que eu precisava pra adquirir um aparelho com este sistema? Já estou no ecossistema da Microsoft mesmo, por que não?

E vocês, o que acharam da novidade?

relacionados


Comentários