Meio Bit » Baú » Hardware » Imbecil que apontou laser para helicóptero pega 14 anos de cadeia

Imbecil que apontou laser para helicóptero pega 14 anos de cadeia

Bem feito! Desocupado da Califórnia que apontou laser para helicóptero de hospital infantil que transportava um paciente é sentenciado a 14 anos de prisão

01/04/2014 às 12:30

laser-pointer-helicopeter

Numa noite de agosto de 2012, um desocupado chamado Sergio Rodriguez resolveu fazer o que muitos idiotas tomam como passatempo: pegou um laser e apontou para um helicóptero passando próximo a sua residência, a cerca de uma milha de distância do aeroporto de Fresno Yosemite, na Califórnia.

Para seu incrível azar o helicóptero em questão não era uma patrulha, o que por si só já seria ruim, mas uma ambulância aérea do Hospital Infantil da Califórnia, chamado Air George. Pior, estava indo de Bakersfield a Fresno com um paciente a bordo, além de dois membros da equipe médica. O piloto informou o tráfego aéreo, que por sua vez deslocou o Air-1, esse sim um helicóptero da polícia para averiguar. Para piorar ainda mais a situação enquanto circulava a região suspeita ele foi atingido sete vezes pelo laser, portanto um destacamento térreo da polícia da cidade vizinha de Clovis foi enviado diretamente ao complexo onde Rodriguez morava.

sergio-rodriguez O Air-1 apontou de onde vinham os disparos e os policiais se encarregaram de prender o meliante, ao que um dos oficiais o reconheceu de outras ocasiões: o idiota já havia sido preso por perturbação da paz, dirigir alcoolizado e furto, e inclusive estava na condicional. A namorada dele, Jennifer Coleman tentou aliviar a barra do idiota dizendo que ela operava o laser, mas não o havia apontado para nenhum helicóptero. Conclusão: ambos em cana e processados. Por fim Rodriguez admitiu que ele disparou o laser contra os helicópteros "para ver até onde ele chegaria" e o passou à namorada, já que ela inclusive tentou jogar a culpa nos filhos sem sucesso.

O júri decidiu que as desculpas de Rodriguez não se sustentavam "pelo seu histórico com a justiça", já que mais de uma vez ele havia mentido em depoimentos para evitar ser preso novamente e pegar uma pena maior, além de que condicionais não resolviam o problema. Enfim, na que pode ser a maior pena para crimes do tipo Rodriguez, 26 anos foi condenado a passar 14 primaveras vendo o Sol nascer quadrado. A sentença de Coleman, de 23 anos sairá no dia 12 de maio e muito provavelmente ela também não vai pegar uma pena leve, já que ambos puseram em risco a vida de diversas pessoas, inclusive de uma criança. Claro, o réu ainda pode apelar mas espero de coração que não consiga reverter a situação.

Parece muito mas vejam bem, o laser causa desorientação completa no piloto, o que pode causar acidentes terríveis, além da possibilidade de danificar permanentemente sua visão. O FBI não está para brincadeira e passou a oferecer uma recompensa de US$ 10 mil para qualquer um cuja denúncia levar à prisão de idiotas que apontam lasers para aviões e helicópteros.

No mais, é sempre bom lembrar da prisão desse incauto cidadão gravada pela polícia em 2010, que o Cardoso já compartilhou anteriormente:

Fonte: AT.

Leia mais sobre: , , , , .

relacionados


Comentários