Meio Bit » Baú » Indústria » Galaxy S5: root já disponível e resistência à água posta à prova

Galaxy S5: root já disponível e resistência à água posta à prova

Rapidinhas do Galaxy S5: ninjas já rootearam a versão internacional do aparelho e russos submetem o smartphone a um mergulho de 8 minutos em água suja

28/03/2014 às 14:00

galaxy-s5

Ok, a gente sabia que isso não iria demorar. Apesar do Galaxy S5 só chegar às lojas daqui a duas semanas alguns poucos privilegiados já estão com o aparelho em mãos, sejam consumidores ultra premium ou para nossa sorte, desenvolvedores sortudos. Um desses já destrinchou o aparelho e sem muita demora, disponibilizou o root da versão internacional, cujo código é SM-G900F.

Disponibilizada através pela ferramenta gratuita CF-AutoRoot, o processo é o mesmo de sempre: conecte seu S5 (supondo que você já tenha um; caso o pegue após o lançamento guarde este post) ao computador, rode o software Odin e instale a ferramenta. entretanto é sempre bom lembrar que o procedimento invalida a garantia do Samsung KNOX e ativa o contador de Flash, o que denuncia o procedimento caso você leve seu aparelho a uma assistência técnica, portanto fica a seu critério.

Por outro lado muita gente está curiosa sobre o quão resistente a água o aparelho seria. Ao contrário da Sony que é expert na certificação IP, todos os seus mais recentes smartphones e tablets de ponta são protegidos contra água e poeira a Samsung não tem tanta experiência, até então somente o Galaxy S4 Active possuía tais características. É a primeira vez que a Sammy a aplica em seu hardware carro-chefe e um pessoal da Rússia resolveu submetê-lo a um teste: o submergiu num aquário de 1 metro de profundidade com água lodosa e suja, como de um lago. O resultado? Ele aguentou bem, o interior do aparelho sofreu certa infiltração mas a área onde a bateria, chip SIM e cartão de memória ficam permaneceu sequinha.

MobileReviewcom — Тестирование смартфона Samsung S5 на IP67

Claro que um teste controlado é diferente de um acidente real, mas ao menos os russos foram mais espertos que o CEO da Archos que afogou um smartphone numa demonstração.

Fonte: Cult of Android e Phandroid.

relacionados


Comentários