Meio Bit » Baú » Games » Zeus, o jogo cancelado que se passaria num Rio pós-apocalíptico

Zeus, o jogo cancelado que se passaria num Rio pós-apocalíptico

Criadores da série Saints Row revelam que estavam trabalhando no Zeus, um jogo que se passaria num Rio de Janeiro pós-apocalíptico, mas que infelizmente teve seu desenvolvimento cancelado.

24/03/2014 às 8:30

rio-de-janeiro

A Volition possui alguns jogos bem interessantes em seu portfólio, como a série Red Faction e o The Punisher, mas eles sempre serão lembrados pelos títulos da franquia Saints Row, especialmente os dois últimos. O que que ninguém sabia era que o estúdio estava trabalhando em outro game que poderia ser bastante interessante, principalmente para nós brasileiros, já que ele se passaria no Rio de Janeiro.

Com seu desenvolvimento acontecendo para o Xbox One e PlayStation 4, o projeto que vinha sendo chamado internamente de Zeus nos colocaria num mundo aberto pós-apocalíptico que recriaria a Cidade Maravilhosa e naquela terra sem lei, a ideia era fazer do jogo uma espécie de faroeste moderno.

Certo ou errado, sabemos que poderíamos ter feito aquele jogo, mas aquilo levaria muito tempo. Não seria a coisa certa a se fazer,” disse o produtor sênior da empresa, Greg Donovan, para justificar o cancelamento do projeto.

O executivo revelou que algumas pessoas da equipe ficaram frustradas com o cancelamento, mas acha bom eles terem encerrado o desenvolvimento quando ele ainda estava no início e no fim das contas, a experiência adquirida com o Zeus deverá servir para melhorar o próximo jogo que lançarem, uma produção que estão tratando com todo o segredo e que espero, não seja apenas um novo Saints Row.

É uma pena, pois eu realmente gostaria de ver como seria explorar um Rio de Janeiro completamente destruído (o que dizem, não está muito longe de acontecer na vida real), mas todos nós sabemos que tal jogo certamente teria uma péssima repercussão por aqui e no mínimo acho que o pessoal da Volition se livrou de uma chuva de críticas por parte da imprensa brasileira.

Fonte: Shacknews.

relacionados


Comentários