Meio Bit » Baú » Games » Gone Home será lançado para consoles

Gone Home será lançado para consoles

The Fullbright Company anuncia parceria com subsidiária da Majesco que permitirá que o Gone Home seja lançado para consoles. Jogo se destacou no ano passado por contar com uma narrativa fantástica e cheia de carga dramática.

11/03/2014 às 11:30

gone-home

Lançado para PC em agosto de 2013 e tendo vendido 50 mil cópias apenas no primeiro mês, Gone Home é sem a menor sombra de dúvida uma das experiências mais marcantes e bonitas que já vivi em um videogame. Um game que nos faz repensar muitos conceitos e que mostra que enredos maduros podem ser contatos através desta mídia.

Como nem todos se dispõem a passar algumas horas diante do computador para encarar um jogo eletrônico, é com extrema alegria que recebo a notícia de que, através de uma parceria com a Midnight City, a criação da The Fullbright Company finalmente será lançada para os consoles, permitindo assim que um público muito mais amplo tenha acesso a esse título que deveria ser jogado por todos.

De acordo com o anúncio feito pela desenvolvedora, embora eles tenham preferido iniciar a produção para os computadores, onde não precisariam lidar com as limitações dos consoles da sétima geração ou com a burocracia impostas por suas fabricantes, eles sempre tiveram esperança de que um dia o Gone Home aparecesse nestas plataformas, mas como possuem uma equipe pequena, seria preciso encontrar uma empresa que estivesse dispostas a lhes ajudar, missão que será dada à subsidiária da Majesco.

Sem que uma data de lançamento ou os consoles em que o game aparecerá tenham sido divulgados, agora eles terão a dura tarefa de tentar passar a esse novo público do que se trata o jogo, se é que ele pode ser chamado assim. No Gone Home não enfrentamos inimigos, não temos que nos preocupar com checkpoints e nem quebra-cabeças nos são propostos, então, será que o público dos consoles estará preparado para algo que muitos consideram apenas uma história interativa?

Particularmente não gosto muito de fazer esse tipo de separação, dizendo que os jogadores de consoles são mais fechados a novas experiências, mas neste caso considero a preocupação justificada. Contudo, mesmo que o jogo não faça tanto sucesso na sala de estar, acho muito bom saber que aqueles com a mente mais aberta terão acesso a esta joia.

relacionados


Comentários