Meio Bit » Baú » Games » Ouya vai evoluir para uma plataforma de games independente do console

Ouya vai evoluir para uma plataforma de games independente do console

CEO Julie Uhrman dá indícios de que o Ouya pode evoluir para uma plataforma independente do console, disponível em TVs e set-top boxes

04/03/2014 às 10:02

ouya

O Ouya foi uma sensação quando foi lançado. A princípio desacreditado, o diminuto console Android foi responsável por uma onda de plataformas semelhantes, do M.O.J.O. da Mad Catz ao Shield da nVidia, ainda que as propostas sejam diferentes. O Ouya é uma plataforma própria, com uma boa gama de títulos exclusivos: Towerfall é por si só um dos mais sensacionais e muitos atribuem a ele o sucesso do console, como sendo o principal fator pela compra do Ouya.

Em entrevista ao Slashdot, a CEO Julie Uhrman acredita que o Ouya está indo bem, mesmo após a saída do co-fundador Muffi Ghadiali da companhia. "Dos 675 títulos disponíveis, um quinto são exclusivos. (...) os desenvolvedores estão fazendo sucesso. Ainda não estão milionários, mas estão construindo sua repoutação". Com isso em mente, ela adiantou ao site uma nova etapa da estratégia de sua empresa: chamada Ouya Everywhere, ela permitirá que jogadores tenham acesso à loja e aos games sem que possuam o console.

Ao ser questionada como isso funcionaria, Uhrman disse que o Ouya poderia ser disponibilizado diretamente em Smart TVs quanto em set-top boxes através de apps dedicados. Em todo caso a intenção da empresa é "permitir jogar o Ouva na TV sem o console", portanto num primeiro momento não veríamos sua lojinha no Android. E se a intenção é fechar parcerias com fabricantes de set-top boxes a Amazon seria um parceiro interessante, pois rumores apontam para um produto similar que seria lançado neste mês (podendo até mesmo ser um console Android). A Valve, com suas Steam Machines também seria um aliado fortíssimo nessa empreitada.

Uhrman disse que já assinou um contrato durante a CES 2014 mas não deu maiores detalhes, se limitando a informar que o programa será detalhado nas próximas semanas. E frisou que a estratégia faz parte do core da empresa desde o início: o Ouya foi pensado como uma plataforma livre, e o console é apenas uma forma de consumir seu conteúdo. De minha parte acho interessante, estava cogitando comprar um para mim, mas se a plataforma for disponibilizada em TVs e quem sabe em PCs não vejo maia tanta vantagem em possuir um. Além de claro, poupar 99 dólares é algo mais do que interessante.

Fonte: SD.

Leia mais sobre: , , , , , , .

relacionados


Comentários