Meio Bit » Baú » Games » A personagem do Guild Wars 2 que tem motivado uma portadora de esclerose múltipla

A personagem do Guild Wars 2 que tem motivado uma portadora de esclerose múltipla

Recentemente o MMO Guild Wars 2 recebeu uma personagem que sofre de uma doença degenerativa e numa bela amostra de que os games podem mudar a vida das pessoas, uma portadora de esclerose múltipla revelou como isso tem servido para lhe motivar.

28/02/2014 às 11:30

guild-wars-2

Enquanto algumas pessoas continuam insistindo que os games servem apenas para desvirtuar a sociedade e fazer com que jovens se tornem mais violentos, há aqueles que preferem os aproveitar para melhorar suas vidas, como é o caso de uma garota conhecida apenas como Christina.

Portadora de esclerose múltipla, a jogadora publicou uma bela mensagem no fórum do Guild Wars 2 onde agradece os criadores do game por terem incluído a personagem Taimi, uma garota que sofre de uma doença degenerativa e que por isso não pode andar, sendo carregada para todos os cantos de Tyria por um golem.

Idealizada pelo designer Angel McCoy e tendo sido introduzida no MMO em sua última atualização, a ideia era terem uma personagem adolescente, mas como colocá-la em um batalha poderia fazer com que a indicação etária do jogo aumentasse, usar o golem como protetor parecia um ótimo artifício. Além disso, conforme o desenvolvimento acontecia, eles perceberam que o ajudante poderia ser mais do que apenas uma espécie de armadura e aproveitaram para dar um forte passado à personagem, adicionando assim profundidade ao enredo.

Na mensagem Christina diz que soube da existência de Taimi através de uma amigo e na ocasião, ficando tão empolgada que não conseguiu segurar o grito. Tendo pouco mais de 20 anos, ele revelou que há dias em que mal consegue sair da cama, precisando de uma bengala para se locomover e isso faz com que algumas pessoas olhem de forma desagradável para ela.

Segundo a moça, jogar é uma maneira de entrar em outra realidade, onde pode ser “uma saudável Comandante Shepard ou alguma escandalosamente bela personagem do Final Fantasy em uma missão para salvar o mundo.” Christina afirma ainda que os games são responsáveis por lhe tirar de sua situação e por um alguns momentos, permitir que ela seja outra pessoa.

Por fim, a jogadora declarou que ao conhecer Taimi ela ficou extremamente feliz e que para ela não faz diferença para onde a desenvolvedora levará a personagem, porque a partir de agora, ela pode imaginar que também existe um golem lhe protegendo quando sentir que suas pernas não estiverem bem ou as pessoas lhe olharem atravessado e como forma de gratidão, ofereceu ao pessoal da NCsoft um pote cheio de biscoitos.

Só é uma pena que uma história assim nunca ganhará o merecido destaque na mídia e mesmo que as tais guloseimas nunca cheguem ao escritório da desenvolvedora, tenho certeza que o depoimento foi mais do que suficiente para os envolvidos no game sintirem que o trabalho está sendo bem feito.

Fonte: Massively.

Leia mais sobre: , , .

relacionados


Comentários