Meio Bit » Baú » Games » Amigos pretendem concluir último trabalho de Kenji Eno

Amigos pretendem concluir último trabalho de Kenji Eno

Como forma de homenagear o game designer Kenji Eno, falecido no ano passado, três amigos iniciarão uma campanha de financiamento coletivo para tentar concluir o último jogo em que ele estava trabalhando.

21/02/2014 às 14:30

kenji-eno

Em fevereiro de 2013 o mundo dos games foi surpreendido com a trágica notícia de que, aos 42 anos, o músico e game designer Kenji Eno havia sofrido um ataque cardíaco fatal decorrente da pressão alta. Mais conhecido por games como Enemy Zero e D, o japonês também criou um jogo para pessoas problemas de visão, o Real Sound e um dos seus últimos trabalhos foi o You, Me, and the Cubes, para Wii.

Na época de seu falecimento, Eno estava produzindo um jogo chamado Kakexun, que evidentemente nunca foi concluído e como forma de prestar homenagem a ele, três amigos iniciarão em março uma campanha de financiamento coletivo para terminar o projeto, numa atitude que considero louvável.

Planejado inicialmente para ser criado através de uma parceria entre a Warp2 e a Fyto (From Yellow To Orange), ex-estúdio de Eno, o desenvolvimento poderá ser levado adiante porque o seu idealizador deixou documentos de design com Katsutoshi Eguchi, compositor que trabalhou por muitos anos ao seu lado. Os outros dois participantes do projeto são Iida Kazutoshi, que aturará como diretor chefe e também trabalhou com Eno, e ainda Naoya Sato, CEO da Warp2 que assumirá o papel de diretor de produção.

Para levar a criação adiante, o trio precisará de pelo mens US$ 146 mil, valor que tentarão obter durante dois meses e se a meta for atingida, o Kakexun deverá ser um jogo com elementos online e focado na ação. Por fim, os envolvidos abriram vagas para pessoas que estejam interessadas em trabalhar com eles.

Os mais implicantes poderão até dizer que tudo não passa de uma tentativa de lucrar com o trabalho de alguém que já morreu, mas neste caso eu prefiro acreditar na bondade das pessoas e enxergar a iniciativa como uma bela homenagem à carreira de um profissional competente com quem eles conviveram e um presente fantástico aos fãs de Kenji Eno, o que me faz desejar profundamente que o jogo seja realmente concluído.

Fonte: Develop.

relacionados


Comentários