Meio Bit » Arquivos » Indústria » BOMBA! Rakuten Group adquire Viber por US$ 900 milhões

BOMBA! Rakuten Group adquire Viber por US$ 900 milhões

Rakuten Group, uma das maiores companhias de internet japonesas adquire o Viber, concorrente promissor do Skype por US$ 900 milhões

14/02/2014 às 12:40

viber

O Viber é um app que evoluiu em pouquíssimo tempo, de uma alternativa interessante para um concorrente de peso do Skype. Diferentemente do software da Microsoft, as versões mobile, para desktop e Windows 8 conversam entre si, permitindo transferir conversas de um dispositivo para outro, além do serviço realizar ligações para números fixos e móveis em todo o mundo por preços muito mais atrativos.

Claro que um produto tão promissor atrai interessados, e quem resolveu pagar para ver é o Rakuten Group, uma das maiores empresas de e-commerce do Japão. Ela já vem ampliando seu portfólio a um certo tempo, que hoje conta com a linha de e-readers e tablets Kobo (que ela adquiriu da Barnes & Noble) e o serviço de streaming com legendas colaborativas Viki. Buscando abocanhar o mercado de VoIP e softwares de comunicação, o Viber passa a ser sua mais nova aquisição, tendo desembolsado US$ 900 milhões para adquirí-lo.

A grande cifra investida no Viber deixa claro as intenções do Rakuten em se tornar "a empresa de serviços de internet número um do mundo", batendo de frente com seu principal concorrente: a Amazon. E o app sai ganhando também, pois poderá oferecer seus produtos à base instalada dO Rakuten, que conta com atualmente cerca de 225 milhões de usuários. Some-se a isso os 300 milhões de pessoas que usam o Viber e tenha uma ideia de como seu alcance foi expandido.

O CEO do Viber Talmon Marco (que o Nick entrevistou na Campus Party 2014) reconhece a importância do Rakuten Group e como ele, assim como sua própria empresa cresceu muito nos últimos tempos. E está confiante:

Esta parceria nos permitirá uma incrível oportunidade de aumentar nosso crescimento nos mercados existentes e novos. Nossa meta é ser a plataforma de comunicação número 1 no mundo e esta negociação é um passo fundamental para tal.

Que o Rakuten Group não está para brincadeira isso não é novidade, e o Viber vai aproveitar essa situação para não só crescer ainda mais para bater de frente com Skype e seu atual maior rival, o WhatsApp: ainda que o app não tenha recurso de chamadas de voz ele ainda é largamente utilizado, já que mensagens de texto são algo muito mais simples e driblam os famigerados SMS. A meta do Viber é tornar seu app mais atraente do que o do seu adversário, e para isto nada melhor que este senhor aporte do grupo Rakuten, que não medirá esforços para devorar o mercado de internet e não dar espaço para a Amazon.

Fonte: TC.

Leia mais sobre: , , , , .

relacionados


Comentários